Coimbra  26 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Sanfil antecipa futuro com investimentos de 11 milhões de euros

16 de Dezembro 2019

O Grupo Sanfil Medicina reuniu os seus colaboradores, fornecedores e parceiros, na sexta-feira (13), numa festa de Natal que serviu para celebrar a época festiva, mas também para balanço do ano que passou e perspectivar os próximos.

No total foram mais de 500 as pessoas que se juntaram à festa, uma ocasião em que o Grupo aproveita para “estreitar os laços com todos os que trabalham com a Sanfil e relembrar que, de facto, as pessoas são o ponto mais importante e a razão da existência do Grupo”, afirmou Pedro Marcelino, director executivo da Sanfil.

Fazendo um balanço “extremamente positivo” do ano de 2019, em que o Grupo celebrou o seu 65.º aniversário, o responsável adianta que ainda “há muito para crescer”.

“O Grupo Sanfil está ao dispor daqueles que o procuram fazendo sempre um esforço para prestar serviços a uma maior panóplia de pessoas, independentemente da condição social que tenham, democratizando a saúde e procurando sempre a eficiência”, nota o director.

Quanto à sua posição, Pedro Marcelino não tem dúvidas de que a Sanfil “tem um papel muito claro na área da saúde, que é o de complementaridade com o Serviço Nacional de Saúde [SNS]”, uma “extensão do SNS, estando nele integrado como uma opção”.

Quanto aos concorrentes mais directos, o director nota que “Coimbra está dotada de maior e melhor oferta e isso é o mais importante, que as pessoas tenham resposta aos cuidados de saúde que procuram e esse é também uma parte do nosso papel, estar ao seu dispor”.

O que se avizinha para a Sanfil Medicina, além da mudança dos seus serviços centrais para o novo espaço no iParque (possivelmente no próximo Verão), são os investimentos para o ciclo 2020-2022, na ordem dos 11 milhões.

“Vamos projectar o ciclo 2020-2022, olhando para trás com os pés bem assentes na terra, com um sentimento de renovada esperança para este ciclo que se avizinha difícil, mas com o apoio dos nossos utentes, que têm estado connosco e que se mantém, e que são de facto a razão de nós existirmos e de procurarmos sempre servi-los melhor”, revela Pedro Marcelino.

Este novo ciclo, a iniciar em Janeiro, “vai ser muito importante ao nível da eficiência, em que vamos procurar e fazer um esforço para que tal se repercuta no consumidor, em quem nos procura e que possam ter condições mais favoráveis para os serviços que prestamos.

A expansão do Grupo é, por isso, um dos pilares deste novo ciclo, com abertura de novas unidades “em outras geografias e numa lógica de proximidade ao utente e às pessoas”, realça o responsável, garantindo que a Sanfil “quer estar cada vez mais próximo das pessoas em zonas do país onde esses cuidados não estão tão presentes”.

Um dos novos produtos a destacar é o “HomeCare”, destinado à prestação de cuidados ao domicílio, um serviço “extremamente importante para que as pessoas entendam que há respostas de saúde na sua própria casa e não apenas nas clínicas e nos principais centros urbanos”.

A Sanfil Medicina está presente nos distritos de Coimbra e Leiria, com duas unidades hospitalares e 13 clínicas de ambulatório.

 

Pedro Marcelino - director-executivo da Sanfil

Pedro Marcelino – director-executivo da Sanfil

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com