Coimbra  19 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Rio Mondego: Três pessoas detidas por captura ilegal de meixão

18 de Abril 2018

Três pessoas foram detidas, hoje, durante buscas realizadas nos concelhos da Figueira da Foz e de Montemor-o-Velho no âmbito do combate à captura ilegal de meixão, disse à agência Lusa o comandante local da Polícia Marítima (PM).

Silva Rocha, comandante da Capitania do Porto da Figueira da Foz, informou que as detenções verificaram-se no âmbito de uma investigação que decorre há vários meses, tendo participado na operação 64 elementos da PM, entre agentes e graduados.

Apoiada em “catorze mandados de buscas em residências e armazéns”, a acção começou às 08h00 e ainda estava a decorrer por volta das 16h30, abrangendo cinco localidades próximas do rio Mondego: Lavos, Vila Verde, Casal da Areia e Maiorca, no concelho da Figueira da Foz, além de Ereira, no município de Montemor-o-Velho, adiantou.

A acção da Polícia Marítima, “num raio de 20 quilómetros”, permitiu apreender “muito material”, entre embarcações, viaturas, redes e outros utensílios usados na pesca ilegal do meixão, bem como 20 quilos destas larvas de enguia, devendo o balanço final da operação ser efectuado mais tarde.

Os três detidos serão ouvidos amanhã (quinta-feira), no Tribunal da Figueira da Foz.

A pesca ilegal do meixão é uma das principais ameaças à sobrevivência da enguia em Portugal e no resto da Europa, segundo o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) da Universidade de Lisboa.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com