Coimbra  16 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Requalificação do Centro de Artes Visuais de Coimbra vai custar 223 000 euros

3 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Requalificação do Centro de Artes Visuais de Coimbra vai custar 223 000 euros

A Câmara Municipal de Coimbra anunciou, esta terça-feira (02), que vai avançar com obras de requalificação do Centro de Artes Visuais (CAV) e do seu espólio, durante os próximos três meses. A empreitada que vai custar aos cofres do Município um investimento de 223 000 euros, foi consignada pelo presidente da autarquia, Manuel Machado, que se fez acompanhar pela vereadora da Cultura, Carina Gomes, tendo sido articulada a cronologia da obra com a associação cultural Encontros de Fotografia, que gere este equipamento municipal.

O presidente Manuel Machado garantiu que o Município tem capacidade financeira “para acelerar o pagamento da obra, se a empresa conseguir antecipar a sua execução”.

As obras de preservação do edifício e do espólio, que foram entregues à empresa Irmãos Lopes & Cardoso, Lda., visam substituir a cobertura, corrigir os sistemas de drenagem de águas pluviais e reparar os revestimentos danificados.

Os trabalhos incluem, ainda, pintura geral do interior e exterior do edifício, trabalhos de recuperação das caixilharias em madeira e remodelação integral de todo o sistema de aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC) para melhor preservação do espólio.

A intervenção prevê assim “dotar as diferentes instalações e infraestruturas dos diversos espaços do edifício do CAV de sistemas que respondam às exigências e necessidades dos vários locais, tendo sempre em conta custos de exploração reduzidos”.

A necessidade de investir agora no Centro de Artes Visuais deve-se ao envelhecimento natural da construção ao longo dos últimos 20 anos e a sua utilização diária, levando a que surgissem anomalias e à necessidade de uma intervenção.