Coimbra  8 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Reportagem de estudantes da FLUC é finalista da iniciativa “ReportEU”

14 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Reportagem de estudantes da FLUC é finalista da iniciativa “ReportEU”

Catarina Magalhães e Sofia Pereira, estudantes do mestrado e licenciatura em Jornalismo e Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), desenvolveram um projecto de reportagem que está entre os seis seleccionados pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, no âmbito da primeira edição da iniciativa “ReportEU”.

O projecto, coordenado pela professora Inês Amaral e em formato multimédia, tem como tema “A desinformação e a ascensão da extrema direita europeia”.

As equipas seleccionadas vão desenvolver, entre Janeiro e Abril, reportagens sobre temas de dimensão europeia muito variados, com o objectivo de “lhes dar ímpeto na agenda mediática através de protagonistas e ângulos relevantes e originais”.

Terão, para tal, acesso a mentoria prática de jornalistas profissionais e, no final, três reportagens serão escolhidas pela equipa de mentores e parceiros para serem difundidas pelos órgãos de comunicação social que se associam à iniciativa: “Público”, “Renascença” e “TVI”.

A iniciativa “ReportEU” tem por objectivo “contribuir para a formação prática dos futuros jornalistas no formato reportagem e em cobertura jornalística de temas europeus, fomentando ainda o debate e acção para um aumento da literacia mediática”.

No total, a Representação da Comissão Europeia em Portugal recebeu 23 candidaturas de estudantes de vários pontos do país, visando ainda “dar a oportunidade a estudantes universitários, em especial de jornalismo e de comunicação social, de criar reportagens sobre temas que abordem uma dimensão europeia e que sejam relevantes e inovadores”. “Através de uma experiência prática durante o percurso formativo, permite-lhes treinar o que é desenvolver uma reportagem jornalística, com acesso a mentoria de profissionais, e entender melhor como funciona a União Europeia e que recursos disponibiliza para os jornalistas e cidadãos. Procura, ainda, estimular a interdisciplinaridade, o conhecimento sobre a realidade de outros Estados-Membros e a literacia mediática, especificamente sobre temas europeus”, revela.

Entre os seis projectos seleccionados, e para além da equipa da FLUC, constam ainda alunos da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, com o tema “Casas amigas do ambiente e da igualdade”; da Escola Superior de Comunicação Social, Lisboa, com o projecto “35 anos de Portugal na União Europeia em seis Gerações, um retrato social”; da Escola Superior de Educação de Viseu, onde trataram o tema “Deficiência na UE: um longo caminho a percorrer”; da Escola Superior de Educação de Setúbal, com o projecto intitulado “A Saúde Mental”; e também da Escola Superior de Comunicação Social, Lisboa, com a temática “A partir do Bar Europa, uma viagem no tempo pelas diferentes percepções da UE”.

As restantes 17 candidaturas serão convidadas a desenvolver as reportagens candidatas com o apoio dos Repórteres em Construção (REC).