Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Região de Coimbra aprova orçamento de 11,9 milhões de euros

29 de Dezembro 2016 Jornal Campeão: Região de Coimbra aprova orçamento de 11,9 milhões de euros

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC), constituída por 19 municípios, anunciou, hoje, a aprovação, por maioria, de um orçamento de 11,9 milhões de euros para 2017, oito vezes superior ao de 2016.

O aumento exponencial do orçamento para 2017, segundo Jorge Brito, secretário executivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, deve-se “à execução das medidas contratualizadas no Pacto de Desenvolvimento e Coesão, das quais a CIM-RC é beneficiária, implementando desta forma um conjunto significativo de projectos e acções supramunicipais”.

“O orçamento para 2017 dá continuidade ao reforço da intervenção da CIM da Região de Coimbra como promotora do desenvolvimento regional através da articulação de políticas municipais e regionais, e do estabelecimento de parcerias com outros agentes de desenvolvimento que operam no território”, refere-se.

Essas parcerias, adianta a CIM-RC, envolvem associações empresariais, instituições de ensino superior ou associações de desenvolvimento local.

O Plano de Acção e Orçamento para 2017 contempla seis eixos prioritários e 19 objectivos de intervenção, onde se incluem iniciativas relacionadas com a Eficiência Energética e Protecção, Qualificação, Valorização e Ordenamento dos Recursos Naturais e Prevenção e Gestão de Riscos.

Outras incluem uma candidatura para a criação da Rede de Oferta Turística em Espaços Naturais, planos relacionados com a Inclusão Social e Emprego, Requalificação de Equipamentos Sociais e de Saúde, Promoção do Sucesso Escolar e Redução e Prevenção do Insucesso e Abandono Escolar.

A iluminação eficiente de monumentos e fachadas de edifícios históricos, que “visa apoiar projectos que promovam a redução do consumo de energia do edificado da administração pública, contribuindo desta forma para a redução da despesa pública”, também integra o plano de acção para 2017 da CIM-RC.

Constituída pelos municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua, Vila Nova de Poiares, Mealhada e Mortágua, a CIM-RC abrange uma população de cerca de 400 000 habitantes.