Coimbra  11 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Quatro anos depois Mosteiro e “Docas” têm “luz verde”

4 de Dezembro 2019

Quatro anos depois de o Mondego galgar as margens, em Janeiro e Fevereiro de 2016, e entrar em terra cerca de 200 metros, os espaços inutilizados ou subaproveitados das “Docas”, no Parque Verde de Coimbra, e do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, vêm agora “luz ao fundo do túnel”.

Leia o artigo completo na edição de amanhã (05) do “Campeão das Províncias”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com