Coimbra  31 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PSP: Um milhão de euros para esquadras de Coimbra e Figueira da Foz

3 de Maio 2018 Jornal Campeão: PSP: Um milhão de euros para esquadras de Coimbra e Figueira da Foz

Os investimentos para revitalizar e modernizar a PSP de Coimbra e da Figueira da Foz ascendem a mais de um milhão de euros, segundo foi anunciado nas comemorações do 140.º aniversário do Comando Distrital.

Ontem, nas cerimónias que assinalaram a efeméride, a secretária de Estado Adjunta da Administração Interna, Isabel Oneto, explicou que a verba é para investir na 2.ª Esquadra da Divisão Policial de Coimbra e na Divisão da Figueira da Foz, até 2019.

O investimento visa, entre outras vertentes, “a requalificação de infra-estruturas, a frota automóvel e as tecnologias de informação” assim como “equipamentos para a actividade operacional e armamento”.

No decorrer da cerimónia, que se realizou na Figueira da Foz, o intendente José Fernandes salientou que foi no distrito de Coimbra “onde a criminalidade mais desceu”. “Na criminalidade geral houve um decréscimo na ordem dos nove por cento e de 37,4 por cento na violenta e grave, valores que se referem a Coimbra e Figueira da Foz”, referiu.

O comandante distrital falou, ainda, das melhorias que se vão operar nos próximos três anos, prevendo-se a “substituição de 40 por cento dos carros-patrulha e dos carros afectos ao serviço da investigação criminal”, bem como a substituição de cerca de 25 por cento dos computadores.

Ainda no decorrer da cerimónia, foram distinguidos com títulos honoríficos o sub-intendente António Moreira (serviços distintos), os chefes principais Eduardo Santos e Jorge Manuel Rodrigues (assiduidade de três estrelas), Carlos Simões e Duarte Nuno (de duas estrelas) e o comissário Pedro Cavaleiro (uma estrela).

As medalhas de comportamento exemplar (ouro) foram atribuídas a João Paulo Monteiro, Luís Portugal, Armindo Costa e Maria Lourenço Cação (os dois últimos da Divisão da Figueira da Foz). O prémio Adelino Neves Melo foi entregue ao agente António Almeida Gomes, da Figueira da Foz, por ser o mais antigo no serviço de patrulha.

As cerimónias terminaram no Grande Auditório do CAE, com um concerto protagonizado pela Banda Sinfónica da PSP, dirigido pelo maestro comissário Ferreira de Brito, e o Grupo Coral David Sousa, dirigido pelo maestro Vítor Ferreira.