Coimbra  9 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PSD questiona Governo sobre reforço de financiamento para o Ensino Superior

29 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: PSD questiona Governo sobre reforço de financiamento para o Ensino Superior

Os deputados do PSD na Assembleia da República enviaram uma pergunta ao ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a questionar se haverá reforço de verbas para as instituições de ensino superior para, de alguma forma, as ressarcir dos gastos acrescidos que tiveram e têm devido à pandemia.

“Os efeitos da pandemia estão a fazer sentir-se na forma de funcionamento dos estabelecimentos de ensino, com a necessária adaptação às novas regras de higiene e segurança sanitária”, afirmam os sociais-democratas, sublinhando que esta é uma questão “que está na ordem do dia, é causa de grande preocupação no contexto do Ensino Superior, e prende-se com o impacto financeiro da pandemia de covid-19”.

Referindo-se em concreto à Universidade de Coimbra e ao Instituto Politécnico de Coimbra, e no global a todas as instituições de ensino superior portuguesas, os deputados salientam que as mesmas “investiram, e vão continuar a investir, muito mais do que estava previsto nos seus orçamentos para a aquisição de equipamentos e recursos tecnológicos adicionais para garantir o funcionamento das actividades lectivas”; “equipamentos de protecção individual para assegurar o cumprimento das normas de higiene e segurança determinadas pela DGS/DGES, para assegurar a actividade dos serviços de acção social e para assegurar estágios e ensino clínico”.

Estes são, na opinião dos deputados, “valores muito significativos no orçamento da Universidade de Coimbra e do Instituto Politécnico de Coimbra”, pelo que “vêm os deputados signatários perguntar ao Governo, nomeadamente ao Senhor Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o seguinte: «Qual é o montante, que verbas estão previstas para ressarcir a Universidade de Coimbra o Instituto Politécnico de Coimbra das quantias avançadas, e que são imprescindíveis para o normal e regular funcionamento da instituição?; O financiamento público, via Orçamento do Estado, vai aumentar na mesma proporção das necessidades das Instituições de Ensino Superior face à pandemia de covid-19?”.

O documento é assinado também pelos deputados eleitos pelo círculo de Coimbra, Mónica Quintela; António Maló de Abreu e Paulo Leitão; a par de Luís Leite Ramos; Cláudia André; António Cunha; Alexandre Poço; Carla Madureira; Firmino Marques; Isabel Lopes; Maria Gabriela Fonseca; Ilídia Quadrado; Duarte Marques; Emídio Guerreiro; Hugo Martins de Carvalho; José Cesário; Margarida Balseiro Lopes; Maria Germana Rocha e Pedro Alves.