Coimbra  16 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PSD lamenta omissão do Governo da A13 para o IP3

26 de Outubro 2018

A deputada social-democrata Fátima Ramos lamentou, ontem (25), que o Governo ignore a necessidade de ligação da A13 (Coimbra – Tomar) ao IP3 (Coimbra – Viseu).

Trata-se de uma omissão que nos espanta devido à importância estrutural desta obra para o desenvolvimento da região Centro”, declarou a antiga presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo.

Nos últimos três anos, a ex-autarca tem insistido na reclamação para concretização de algumas infra-estruturas na sub-região de Coimbra.

Na vigência do primeiro Governo de Passos Coelho, a quem José Sócrates legou um panorama de quase bancarrota, a auto-estrada Tomar – Coimbra não desfrutou de travessia do rio Mondego para alcançar o IP3.

A A13, cujo tráfego aumentou significativamente no horizonte de cinco anos, tem o seu potencial de utilização prejudicado por começar (de Norte para Sul) e acabar (de Sul para Norte) entre Ceira e a margem esquerda do Mondego.

 

O cenário para minimização da necessidade de a A13 ser prolongada até à zona de Botão prendia-se com a hipótese, descartada pelo Governo, de ser privilegiada uma denominada “Alternativa a Sul” ao traçado do IP3 compreendido entre Santa Comba Dão e Coimbra.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com