Coimbra  16 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PS de Coimbra quer aeroporto, metrobus e Tribunal Constitucional

30 de Outubro 2018

A instalação do Tribunal Constitucional em Coimbra é uma das propostas que a Concelhia de Coimbra do Partido Socialista vai apresentar à iniciativa ‘PS em Movimento’, anunciou, hoje, aquela estrutura partidária.

Para além da “mudança da sede do Tribunal Constitucional para Coimbra, numa efectiva descentralização do Estado”, os socialistas defendem, por outro lado, a “requalificação do IP3, em perfil de auto-estrada”, entre esta cidade e Viseu, e a conclusão do IC3 para assegurar a ligação da A13 (Coimbra-Tomar) ao IP3, troço que, sustentam, é “essencial a Coimbra e à região”.

A concretização do sistema de mobilidade do Mondego, em metrobus (na sequência do abandono do projecto de metropolitano de superfície a criar no Ramal ferroviário da Lousã e na cidade de Coimbra) e a “requalificação e modernização” da estação de Coimbra-B, na Linha do Norte, tornando-a numa “verdadeira estação de caminho-de-ferro”, isto é, numa plataforma de transporte intermodal, é outras das reivindicações dos socialistas, de acordo o líder da Concelhia do PS de Coimbra, Carlos Cidade.

“A implementação de uma infra-estrutura aeroportuária que sirva uma região Centro com 2,50 milhões de pessoas, em Coimbra e/ou região envolvente”, é igualmente preconizada por aquele órgão partidário, à semelhança daquilo que também defende a Comissão Distrital do PS, ao anunciar, também no âmbito da iniciativa ‘PS em Movimento’, que irá apresentar uma proposta nesses sentido.

A criação da nova maternidade de Coimbra, que resultará da agregação dos dois actuais estabelecimentos em funcionamento na cidade, e a reabilitação e ampliação do Tribunal de Coimbra fazem, ainda, parte da lista de propostas a apresentar pelos socialistas de Coimbra.

O ambiente e as alterações climáticas justificam, igualmente, um conjunto de medidas preconizadas pelo PS/Coimbra, que também quer, por exemplo, que as desigualdades sejam combatidas, designadamente através da criação de emprego, do incentivo à fixação de empresas no Interior, da correcção da atribuição do RSI (rendimento social de inserção) e do alargamento da cobertura da acção social escolar.

Além destas e de outras “sugestões e propostas de soluções para os novos problemas da sociedade”, contemplando áreas como as alterações climáticas, a sociedade digital, as desigualdades, a demografia e a presença do Estado no território, o PS/Coimbra sublinha que não podem ser esquecidos os problemas que ainda estão “por resolver” – e “são muitos” –, nomeadamente no Município de Coimbra e sua região.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com