Coimbra  5 de Junho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Protesto pela saída de Poiares da APIN decorreu sem incidentes

17 de Maio 2020 Jornal Campeão: Protesto pela saída de Poiares da APIN decorreu sem incidentes

Um protesto realizado na tarde de hoje (17), em que cerca de 100 pessoas exigiram a saída do município de Vila Nova de Poiares da empresa concessionária de água, decorreu sem incidentes, disseram fontes da organização e da GNR.

Para além de participantes de Vila Nova de Poiares, estiveram presentes representantes de movimentos análogos de Penacova, Góis e Lousã e uma das próximas iniciativas passa pela recolha de assinaturas nos dez municípios que se mantêm na APIN, “juntar tudo para chegar às cinco mil e entregar na Assembleia da República para o assunto ser discutido” no parlamento.

O MEC recolheu hoje as faturas da água das cerca de 100 pessoas presentes no protesto, que irá entregar quinta-feira na Câmara Municipal. Na sexta-feira decorre uma reunião do Executivo camarário onde o movimento, que promete marcar presença, pretende que as faturas “sejam analisadas e nos deem uma resposta”.

Ainda sem data prevista, está anunciada a realização em Vila Nova de Poiares de um ‘mega buzinão’ em defesa da saída da APIN.

Entretanto, o município de Penacova, que presidia ao conselho de administração, decidiu há dois meses abandonar a empresa, por decisão da Câmara e da Assembleia Municipal, na sequência de protestos da população.