Coimbra  8 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Projecto europeu do CNC com candidaturas abertas para doutorandos

16 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Projecto europeu do CNC com candidaturas abertas para doutorandos

O projecto europeu “Foiegras”, liderado pelo CNC da Universidade de Coimbra (UC) e que pretende investigar a Síndrome do Fígado Gordo não-alcoólico (SFGNA), é apresentado hoje e amanhã (17), no Museu da Ciência da UC.

Este projecto tem a particularidade de abrir candidaturas para 13 contratos de trabalho para alunos de doutoramento. Além disso, o “Foiegras” inclui comunicações e reuniões, com o objectivo de “coordenar as acções e execução dos parceiros nacionais e internacionais do consórcio ‘Foiegras’, que irá investigar e desenvolver ferramentas não-invasivas e rápidas para um diagnóstico mais preciso do SFGNA”, revela a UC.

O concurso público para os 13 contratos decorre até 28 de Janeiro e é direccionado a pessoas com formação nas áreas da bioquímica; biologia; química biológica; ciências biomédicas; farmácia; bioinformática; biologia de sistemas; ciências do desporto; ciências da comunicação; estudos de media; design; animação; banda-desenhada e áreas relacionadas (www.foiegras-etn.cnc.uc.pt).

“A SFGNA afecta seis a 37 por cento da população mundial e poderá ser uma ‘assassina silenciosa’ porque os sintomas evidenciam-se em fases tardias, quando se apresenta incurável, contribuindo para o aumento do risco de diabetes, cirrose hepática e cancro. A doença é actualmente diagnosticada através da biopsia do fígado, um procedimento invasivo, arriscado e caro”, refere a Universidade.

Este projecto europeu, cujo coordenador é o investigador Paulo Oliveira, conta com a participação da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal; da Universidade de Lisboa e Universidade do Porto; bem como de instituições académicas, clínicas e empresariais de Itália, Alemanha, Espanha, França, República Checa e Polónia.

A investigação é apoiada através do quadro de financiamento do Horizonte 2020 da União Europeia na tipologia “Marie Sklodowska-Curie Innovative Training Network”.