Coimbra  5 de Dezembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Projecto do IPC para a indústria da Apicultura vence Poliempreende

23 de Julho 2020 Jornal Campeão: Projecto do IPC para a indústria da Apicultura vence Poliempreende

Inoapi venceu a 17.ª edição do Concurso Regional Poliempreende, que decorreu ontem (22), nos Serviços Centrais do Politécnico de Coimbra.

O projecto propõe soluções inovadoras para a Apicultura, entre as quais um dispositivo de controlo do efeito da vespa asiática.

A equipa constituída por Tiago Simões, Bárbara Araújo, Osvaldo Silva (estudantes do Politécnico de Coimbra) e Rafael Simões, irá representar o IPC no concurso nacional e recebe um prémio monetário no valor de 2 000 euros e 12 meses de incubação no INOPOL – Academia de Empreendedorismo do IPC – para apoio à constituição da empresa.

De acordo com Sara Proença, pró-presidente do IPC e coordenadora Regional do Poliempreende, “a 17.ª edição do Poliempreende no Politécnico de Coimbra fica marcada pelo sucesso, com o número de projectos a duplicar e o envolvimento de estudantes oriundos das seis unidades orgânicas de ensino do universo IPC. Estamos convictos de que os três projectos premiados darão em breve origem a três novas ‘startups’ de cariz inovador.”

A equipa vencedora propõe um conjunto de soluções inovadoras para a indústria da Apicultura, entre as quais um dispositivo para o controlo do efeito da vespa asiática (espécie invasora) na produção de mel, um colector de pólen e extracção de apitoxina (veneno encontrado nos ferrões das abelhas), bem como a criação de uma nova geração de colmeias mais eficientes.

Os estudantes do IPC Telmo Rodrigues e Luís Conde foram os segundos premiados, com o projecto “ZSharing”, uma aplicação digital de aluguer de produtos que visa responder às necessidades de um mercado em constante mudança e a um ambiente económico que incentiva à partilha e à economia circular.

Daniela Coxinho, José Cruz e Pedro Lopes receberam o terceiro prémio, com a apresentação da plataforma online “WOU”, que permite aos seus utilizadores aceder de forma rápida, económica e conveniente a actividades de tempos livres em diversas áreas como cultura e lazer, desporto e bem-estar, formação e eventos.

O Poliempreende, acção em rede que envolve a comunidade académica do conjunto de instituições de ensino superior politécnico portuguesas, visa promover uma cultura empreendedora e alavancar projectos de vocação empresarial inovadores, em parceria com diversos agentes.

O Politécnico integra a rede Poliempreende desde a 5.ª edição do Concurso e conta com cinco vitórias a nível nacional, um segundo e um terceiro prémios e um prémio inovação Delta.