Coimbra  28 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Projecto Cáritas na Figueira da Foz recolhe agasalhos para comunidade de migrantes

24 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Projecto Cáritas na Figueira da Foz recolhe agasalhos para comunidade de migrantes

O projecto da Cáritas de Coimbra, “Sem Diferenças E8G”, lançou, esta quarta-feira (24), uma campanha que pretende combater o frio da comunidade na sua área de intervenção.

O mote desta iniciativa é “um gesto de amor que agasalha no frio” e apela à sociedade civil para que façam chegar o maior número de lençóis quentes, cobertores, edredons ou pijamas para apoiar as pessoas que vivem em situações de maior emergência social e económica.

Desta forma, a partir de hoje (24) e até 10 de Dezembro, os interessados em aquecer esta comunidade, poderão fazer chegar as suas doações ao Centro Comunitário Nossa Senhora da Boa Viagem, localizado na Leirosa, ou à Junta de Freguesia da Marinha das Ondas.

A instituição salienta que a iniciativa pretende ajudar a combater a pobreza energética que abrange a comunidade migrante oriunda do Nepal, Índia, Bangladesh, entre outros países, e que habitam nas povoações circundantes à Marinha das Ondas.

O projecto “Sem Diferenças” tem realizado um trabalho de intervenção e proximidade com as comunidades migrantes que trabalham nas empresas circundantes ao Centro Comunitário da Leirosa, também situado na zona Sul do concelho.

O centro “tem promovido a integração e interação da comunidade de migrantes com a população local e também apoiado com os meios à sua disposição perante as necessidades apresentadas”, refere a Cáritas Diocesana de Coimbra.

Actualmente a Cáritas acompanha 103 famílias, num total de 170 pessoas, residentes na Freguesia da Marinha das Ondas.

O projecto “Sem Diferenças E8G” resulta de um consórcio constituído pela Cáritas Diocesana de Coimbra, município da Figueira da Foz, Junta de Freguesia da Marinha das Ondas, Agrupamento de Escolas do Paião, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Figueira da Foz, as empresas Celbi, Figueira Domus e Microplásticos e a Universidade de Coimbra através do Centro de Competências TIC Softciências.