Coimbra  26 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Projecções dão PS vencedor e PAN a eleger um eurodeputado

26 de Maio 2019

O PS venceu as eleições para o Parlamento Europeu com 30 a 34 por cento dos votos, obtendo oito a nove mandatos, indicam as sondagens avançadas pelas televisões às 20h00.

De acordo com a sondagem da RTP/Universidade Católica, o PAN será a novidade no Parlamento Europeu ao eleger pela primeira vez um deputado, com quatro a seis por cento dos votos.

O segundo partido mais votado foi o PSD, com 20 a 24 por cento dos votos e a eleição de cinco a seis deputados. A mesma sondagem indica que o BE é o terceiro partido, com nove a 12 por cento dos votos e a eleição de dois a três deputados.

A CDU ficará em quarto lugar, de acordo com esta projecção, perdendo um dos três actuais mandatos, e o CDS-PP obterá entre cinco a sete por cento dos votos, elegendo apenas um deputado.

As projecções avançadas pela SIC, realizadas pela ICS/ISCTE/GFK/Metris, confirmam o PS a vencer as eleições europeias, com percentagens entre 30,9 por cento a 34,9 por cento e a eleição de entre oito a nove eurodeputados.

O PSD surge com 21,8 por cento a 25,8 por cento, podendo eleger entre seis e sete deputados e o BE foi a terceira força política mais votada, com 8,5 por cento a 11,5 por cento, elegendo entre dois a três deputados.

A CDU obteve entre 5,3 por cento e 8,3 por cento e PAN e CDS-PP tiveram ambos entre 4,7 por cento e 7,3 por cento dos votos. Estas três forças políticas poderão eleger entre um a dois eurodeputados.

Segundo uma sondagem da Aximage divulgada pela CMTV, o PS venceu as eleições com um resultado entre 31,4 e 33,4 por cento dos votos, elegendo oito ou nove eurodeputados, seguindo-se o PSD, com entre 23,1 e 27,1 por cento e entre seis e sete eurodeputados.

Esta sondagem indica que o BE obterá um resultado entre 10,1 e 12,1 por cento e dois ou três eurodeputados, enquanto a CDU terá entre 7,8 e 8,8 por cento dos votos, elegendo dois eurodeputados, o CDS-PP entre 6,6 e 7,6 por cento, com um ou dois mandatos, e o recém-criado Aliança entre dois e 2,5 por cento dos votos, insuficientes para eleger um eurodeputado.

Nas eleições de 2014, o PS obteve 31,4 por cento dos votos e elegeu oito deputados, a coligação PSD/CDS-PP, obtive 27,7 por cento e elegeu sete deputados, a CDU elegeu três deputados com 12,6 por cento dos votos, o MPT elegeu um deputado, com 7,1 por cento dos votos e o BE obteve também um mandato, com 4,5 por cento da votação.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com