Coimbra  27 de Fevereiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Presidenciais: Marcelo entrega 12 747 assinaturas e promete campanha pela positiva

23 de Dezembro 2020 Jornal Campeão: Presidenciais: Marcelo entrega 12 747 assinaturas e promete campanha pela positiva

Marcelo Rebelo de Sousa entregou hoje 12 747 assinaturas no Tribunal Constitucional para formalizar a recandidatura ao cargo de Presidente da República e prometeu fazer uma “campanha pela positiva”, apresentando-se como “factor de estabilização, de pacificação e de compromisso”.

“A minha ideia hoje é apresentar a candidatura e no futuro é fazer uma campanha pela positiva. Eu não irei fazer uma campanha atacando nenhum candidato nem nenhuma candidata. Direi exactamente aquilo que penso sobre o futuro do país” – declarou o candidato aos jornalistas, à saída do Palácio Ratton, em Lisboa.

Acompanhado por meia dúzia de pessoas, que disse ser “um núcleo muito pequeno que ajudou a recolher as assinaturas”, 12 747 no total, hoje entregues no Tribunal Constitucional, Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu a todos os que contribuíram para a sua recolha, observando: “Não chegam ao número de há cinco anos, 15 mil, mas foi o que foi possível”.

No seu entender, nesta campanha os candidatos devem falar sobre “os problemas que o Presidente eleito no dia 24 de Janeiro vai ter entre mãos: a pandemia, a crise económica e social aprofundada, a recuperação do país durante anos, a tentativa de ir mais longe do que a recuperação, a superação dos fossos das diferenças, das desigualdades económicas, que se agravaram brutalmente e a manutenção do equilíbrio do sistema político”.

“Sabem que eu sou defensor de estabilidade e de compromisso, nesse sentido, sendo um factor de estabilização, de pacificação e de compromisso na sociedade portuguesa. Eu acho que esses são os grandes temas – depois também a presidência portuguesa da União Europeia – sobre os quais os portugueses querem uma resposta”, acrescentou.