Coimbra  17 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Praia de Mira hasteia pela 32.ª vez consecutiva a Bandeira Azul

21 de Junho 2018

Na Praia de Mira foi hasteada, hoje, a Bandeira Azul pelo 32.º ano consecutivo, numa altura em que dados oficiais mostram um crescimento do turismo no concelho superior à média da região Centro.

Os dados mais recentes sobre a actividade municipal disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística e tratados pela Entidade Regional Turismo Centro, relativos ao período 2015-2016, mostram que Mira teve no período de um ano um aumento médio no número de dormidas superior a 50 por cento.

O crescimento médio nesse período nos 100 municípios que compõem a Turismo Centro foi de 11,57 por cento, também superior à média nacional. No vizinho concelho da Figueira da Foz, o crescimento foi também elevado, mas fixou-se nos 15,90 por cento.

Também no capítulo da taxa de ocupação de hotéis e similares, Mira consegue números quase quatro vezes superiores (7,5 por cento) à média do Centro (2,0 por cento).

“Estes números indicam, numa primeira leitura, que Mira está a recuperar o tempo perdido”, refere o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida. O autarca destaca, no entanto, o “esforço que tem vindo a ser feito pelo Município e pelos parceiros locais, na restauração e hotelaria, para atrair mais visitantes ao concelho”.

Raul Almeida lembra a aposta em “actividades fora da época balnear que combatem a sazonalidade”, como é o caso da festa da Passagem de Ano, o Campeonato Europeu e Nacional de corta-mato ou o recente encontro mundial de carros da marca Mini, que atraíram milhares de pessoas ao concelho.

O autarca destaca ainda o impacto positivo da aposta na Bandeira Azul, que foi hasteada, hoje, durante uma cerimónia em que as crianças tiveram o papel principal. Ao lado do galardão foram hasteadas as “azulitas”, pequenas bandeiras feitas por crianças do concelho em idade pré-escolar.

A Praia de Mira, como lembra o autarca, é a única zona balnear do mundo a receber durante 32 anos consecutivos este galardão de qualidade. “Temos muito orgulho em ter uma praia que é uma referência mundial”, diz Raul Almeida, lembrando que o Poço da Cruz, a outra praia do concelho, foi também contemplada pelo décimo segundo ano consecutivo com o galardão de qualidade ambiental.

A Bandeira Azul é também importante na captação de turistas estrangeiros. Mira é o único concelho do litoral Centro onde os visitantes oriundos de França são mais do que os espanhóis, numa proporção de um para quatro. Para esta situação contribui a aposta de algumas unidades hoteleiras do concelho, como a Quinta da Lagoa, no chamado turismo sénior.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com