Coimbra  4 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Portugal sagra-se campeão europeu de Columbofilia em Mira

17 de Outubro 2021 Jornal Campeão: Portugal sagra-se campeão europeu de Columbofilia em Mira

Portugal sagrou-se campeão europeu de columbofilia no âmbito dos Campeonatos Internacionais que decorreram em Mira e venceu, também, o Campeonato da Europa de Jovens e o Torneio Ibero Latino Americano.

Nas classificações individuais, os pombos-correio portugueses conquistaram o segundo e o terceiro lugares do FCI Grand Prix de Portugal, que conta para o ranking mundial, entre outras honrosas classificações.

A 24ª edição dos Campeonatos Internacionais de Columbofilia – Mira 2021 decorreu no sábado no Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova e contou com a participação de 565 pombos, provenientes de 27 países.

A competição foi organizada pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), em parceria com a Federação Columbófila Internacional (FCI), Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e Câmara Municipal de Mira.

Todos os pombos foram soltos, em simultâneo, às 08H25 de sábado, em Paderne, no Algarve, a uma distância de 385 Km do Columbódromo Internacional onde terminaram as provas.

Os pombos competiram nas seguintes provas e campeonatos: FCI Campeonato da Europa e da Europa de Jovens, onde participam selecções nacionais de países europeus que integram a FCI; o Torneio Ibero Latino Americano – com a participação de selecções nacionais de países que integram a Associação Ibero Latino Americana de Columbofilia (AILAC); o FCI Grand Prix de Portugal, que conta para o ranking mundial; bem como a Liga Nacional dos Campeões e o Campeonato Nacional de Jovens, estes últimos exclusivos para columbófilos portugueses.

Além da vertente competitiva, os Campeonatos Internacionais de Mira são conhecidos por serem uma grande festa da columbofilia e um momento único de convívio.

Depois de o ano passado o evento ter decorrido exclusivamente com transmissão online e apenas com a presença do ‘staff’ necessário no recinto, este ano assinalou-se um regresso gradual à normalidade.

A FPC, em decisão conjunta com as autoridades, vedou um recinto em espaço aberto e contíguo ao Columbódromo, com lugares em pé e sentados, e com entrada exclusiva para portadores de certificado Covid-19. Foi também criada uma área alimentar, sujeita às regras impostas pela Direcção- Geral da Saúde.

Ao todo, os espaços exteriores estiveram limitados a 1.500 pessoas, com a FPC a colocar dispensadores de álcool gel em diferentes pontos de acesso.