Coimbra  12 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Portugal perde em Coimbra com a Dinamarca e falha Euro2024 de sub-19

26 de Março 2024 Jornal Campeão: Portugal perde em Coimbra com a Dinamarca e falha Euro2024 de sub-19

A selecção portuguesa de futebol de sub-19 perdeu esta terça-feira por 2-0 com a Dinamarca, em Coimbra, na terceira e última jornada da Ronda de Elite, e falhou o apuramento para o Europeu de 2024.

Um empate bastava a Portugal para garantir o apuramento, mas a formação nórdica foi sempre mais forte, física e tecnicamente, apontando os golos da vitória no segundo tempo, aos 61 e 70 minutos, por Jorgensen e Emil Hojlund, respectivamente.

No primeiro tempo, a selecção nacional deu a iniciativa do jogo à formação nórdica, que, por diversas vezes, esteve próxima de inaugurar o marcador.

No entanto, na sua primeira incursão à baliza contrária, aos 12 minutos, Portugal quase marcava, por João Rego, num remate à entrada da área.

Dois minutos depois, o conjunto lusitano dispôs de outra oportunidade no interior da área, mas o remate de Manuel Mendonça foi intercetado e o lance perdeu-se pela linha final.

Mais pressionante durante os primeiros 45 minutos, a Dinamarca conseguiu criar muito perigo aos 23 minutos, por Bischoff, e, aos 34, num remate cruzado de Hojlund.

A melhor situação de golo pertenceu à selecção dinamarquesa, aos 40 minutos, quando uma perda de bola a meio-campo permitiu a Daghim isolar-se e progredir para a baliza de Diogo Fernandes, que conseguiu defender a bola e anular o lance.

Na segunda parte, os dinamarqueses continuaram a mandar no jogo e a criar jogadas de perigo, tendo inaugurado o marcador aos 61 minutos, por Jorgensen, num remate muito colocado de fora de área.

Apenas dois minutos depois, o mesmo jogador atirou às malhas laterais.

A selecção portuguesa ainda introduzia a bola na baliza dos nórdicos, aos 68 minutos, por Rodrigo Ribeiro, mas o lance foi invalidado por alegado fora de jogo.

Aos 70 minutos, a Dinamarca ampliou para 2-0, por Emil Hojlund, que só teve de encostar, depois de um passe atrasado de Daghim.

Na parte final, Portugal tentou ‘esticar’ o jogo e estar mais próximo da baliza adversária, mas o melhor que conseguiu foi um lance construído por Fábio Jaló, já depois dos 80 minutos, defendido pelo guarda-redes adversário.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Dinamarca – Portugal, 2-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Jorgensen, 61 minutos.

2-0, Emil Hojlund, 70.

Equipas:

– Dinamarca: Andresen, Hogsberg, Vraa-Jensen, Nielsen, Nybo, Jorgensen, Nartey, Óscar Hojlund, Daghim (Froholdt, 76), Emil Hojlund (Harder, 76) e Bischoff (Schwartau, 86).

(Suplentes: Ditmer, Soe, Sertdemir, Harder, Froholdt, Simmelhack e Schwartau).

Selecionador: Morten Eskesen.

– Portugal: Diogo Fernandes, Chissumba, Miguel Monteiro, Diogo Monteiro, João Conceição (Tomás Marques, 42), Manuel Mendonça (Rafael Luís, 78), Dário Essugo, João Vasconcelos (Fábio Jaló, 78), João Rego (Gustavo Varela, 64), Vivaldo Semedo (Ivan Lima, 64) e Rodrigo Ribeiro.

(Suplentes: Francisco Silva, Tomás Marques, João Muniz, Rafael Luís, Gustavo Varela, Ivan Lima, Fábio Jaló, Luís Gomes e Ussamane Djaló).

Selecionador: José Lima.

Árbitro: David Dickinson (Escócia).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rodrigo Ribeiro (31), Bischoff (33), Nartey (67), Hogsberg (72), Dário Essugo (79), Nybo (86) e Fábio Jaló (86).

FOTO: FPF