Coimbra  25 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Portugal contabiliza 350 novos infectados e mais 14 mortes devido à covid-19

29 de Maio 2020 Jornal Campeão: Portugal contabiliza 350 novos infectados e mais 14 mortes devido à covid-19

O balanço de hoje da Direcção Geral da Saúde (DGS) dá conta de que Portugal regista 1383 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que ontem (28), e 31 946 infectados, mais 350 novos casos.

A caracterização clínica dos casos confirmados indica que 529 doentes estão internados em hospitais, mais 17 do que ontem, e 66 estão em unidades de Cuidados Intensivos, mais um.

A recuperar em casa estão 11 123 pessoas e, desde 01 de Janeiro que se registaram 321 290 casos suspeitos, dos quais 1568 aguardam resultado dos testes. A DGS regista, também, 27 917 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Há 287 776 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que o número de doentes recuperados subiu para 18 911 (mais 274).

A região Centro tem mantido ligeiras subidas, contabilizando hoje 3728 infectados e 237 óbitos.

Segundo os dados da DGS, 702 vítimas mortais são mulheres e 681 são homens. Dos óbitos registados, 929 tinham mais de 80 anos, 270 tinham entre os 70 e os 79 anos, 124 tinham entre os 60 e 69 anos, 43 entre 50 e 59, 15 entre os 40 e os 49. Um dos doentes que morreu tinha entre os 30 e os 39 anos e outro entre 20 e 29 anos.

Do total de infectados, 18.362 são mulheres e 13.584 são homens, sendo que a faixa etária mais afectada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5 368), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5 287) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4 798). Há, ainda, 4 523 doentes acima dos 80 anos, 4 178 entre os 20 e os 29 anos, 3 507 entre os 60 e 69 anos e 2 574 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista, igualmente, 646 casos de crianças até aos nove anos e 1 065 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com as autoridades de saúde, 40 por cento dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29 por cento febre, 21 por cento dores musculares, 20 por cento cefaleia, 15 por cento fraqueza generalizada e 12 por cento dificuldade respiratória. Esta informação refere-se a 91 por cento dos casos confirmados.