Coimbra  28 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Portugal conquista medalha de prata na Olimpíada Internacional de Física

27 de Julho 2021 Jornal Campeão: Portugal conquista medalha de prata na Olimpíada Internacional de Física

Gabriel Alberto Mourão Almeida, da Escola Secundária de Santa Maria Maior, em Viana do Castelo, conseguiu arrecadar uma medalha de prata na Olimpíada Internacional de Física, sendo só a segunda vez que Portugal atinge este feito em 28 anos de participação. Além disso, uma menção honrosa foi conquistada por Afonso Branco Alves, da Escola Secundária Júlio Dantas, em Lagos.

Além destes dois elementos, a equipa portuguesa era constituída por Afonso Oliveira (Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coimbra), Henrique Romão (Colégio Efanor, Matosinhos) e Vasco Cotão (Escola Secundária José Falcão, Coimbra).

A Olimpíada Internacional de Física foi organizada pela Lituânia entre 17 e 24 de Julho, mas devido à situação de pandemia, a delegação portuguesa reuniu-se para realizar esta prova no Departamento de Física da Universidade de Coimbra.

“O nível de conhecimentos requeridos para realizar estas provas vai muito para além do programa do secundário de Física, envolvendo por parte dos estudantes imenso esforço e dedicação durante a fase de preparação”, explicou Rui Travasso, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) envolvido na preparação dos alunos.

A Olimpíada Internacional de Física envolveu a participação de 370 participantes de 76 países a nível mundial.

Os estudantes tiveram de realizar uma prova experimental manuseando circuitos integrados e de responder a perguntas teóricas sobre mecânica quântica, condensados de Bose-Einstein, lentes de microscópios electrónicos e propriedades mecânicas da crosta e manto terrestres.

O resultado dos estudantes portugueses “é muitíssimo impressionante e enche-nos de orgulho quando se toma em conta que, devido à presente situação, eles foram preparados remotamente por professores do Departamento de Física da Universidade de Coimbra, e que mesmo assim conseguiram igualar o melhor resultado pessoal de sempre na Olimpíada Internacional de Física”, sublinhou Rui Travasso.

As Olimpíadas de Física são uma actividade promovida pela Sociedade Portuguesa de Física com o patrocínio do Ministério da Educação, da Agência Ciência Viva, da Fundação Calouste Gulbenkian e da Universidade de Coimbra.