Coimbra  25 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pontos essenciais das eleições: as Legislativas de 2024 em números

25 de Fevereiro 2024 Jornal Campeão: Pontos essenciais das eleições: as Legislativas de 2024 em números

Mais de 10,8 milhões de eleitores residentes em Portugal e no estrangeiro são chamados a votar nas eleições legislativas de 10 de Março, para escolher 230 deputados.

Número de eleitores: 10.819.122

Deputados eleitos: 230

Número de círculos eleitorais: 22

18 círculos em Portugal continental, Açores e Madeira, Europa e Fora da Europa

Maiores círculos eleitorais:

(no território continental)

Lisboa – 1.915.377 eleitores – 48 deputados

Porto – 1.591.947 eleitores – 40 deputados

Braga – 780.228 eleitores – 19 deputados

Setúbal –  751.385 eleitores – 19 deputados

Aveiro –  642.185 eleitores – 16 deputados

[Coimbra – 371.791 eleitores – 9 deputados]

Círculos eleitorais mais pequenos:

(em território continental)

Portalegre – 93.120 eleitores – 2 deputados

Beja – 119.112 eleitores – 3 deputados

Évora –  133.414 eleitores – 3 deputados

Bragança – 134.237 eleitores – 3 deputados

Guarda –  141.450 eleitores – 3 deputados

Número de forças políticas concorrentes: 18

– PS, Aliança Democrática (PSD/CDS/PPM), Chega, IL, BE, CDU (PCP/PEV), PAN, Livre, Nós, Cidadãos!, Alternativa 21 (MPT/Aliança), ADN, PTP, RIR, JPP, Ergue-te, Nova Direita, Volt Portugal e PCTP/MRPP

Novos partidos concorrentes: Nova Direita

Orçamentos das campanhas:

(principais partidos)

Total: 7,7 milhões de euros

PS – 2,55 milhões de euros

AD – 2,5 milhões de euros

CDU – 785 mil euros

BE – 508 mil euros

Chega – 700 mil euros

IL – 385 mil euros

PAN – 204 mil euros

Livre – 95 mil euros

Custo das eleições:

24 milhões de euros

Membros mesas de voto: previstos 65.910

Mesas de voto: previstas 13.182

Voto antecipado em mobilidade – 3 de Março

Votação de presos e doentes – 26 e 29 Fevereiro

Votação de deslocados no estrangeiro – 27 a 29 de Fevereiro

Votação postal de residentes no estrangeiro – de 9 Fevereiro a 10 de Março

Fontes: Comissão Nacional de Eleições (CNE), Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI), Ministério da Administração Interna