Coimbra  20 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pombal: Estofador frustrado alvejou empregada

28 de Dezembro 2018

Um indivíduo tido como autor de assédio sexual infligido a uma empregada, cuja idade é 45 anos inferior à dele, vai ser julgado, brevemente, em Leiria, sob acusação de tentativa de homicídio.

O caso foi revelado, hoje, pelo Correio da Manhã, que situa em Pombal e Soure, respectivamente, o local de trabalho de J. Nunes e a sua residência.

A par da imputação de homicídio na forma tentada, recaem sobre o arguido acusações de posse de arma proibida, coacção e ameaça agravadas e simulação de crime.

A vítima, 20 anos de idade, haverá manifestado o propósito de se despedir; perante isso, o sexagenário ter-se-á descontrolado a ponto de disparar sobre uma perna da rapariga, o que a levou a reclamar uma indemnização no montante de 55 000 euros.

Presume-se que, por receio de ser morta, a jovem sugeriu ao carrasco que associassem o episódio de violência a um suposto assalto à oficina de estofador de que ele era proprietário.

Submetido a averiguações, a cargo da GNR e da PJ de Coimbra, o indivíduo não foi convincente em matéria de narração da ocorrência e acabou por lhe ser deduzida acusação pelo Ministério Público.

O estofador, em cuja versão efectuara um disparo acidental durante o hipotético assalto, veio a esconder a arma do crime quando a funcionária foi assistida pelos bombeiros.

Embora a vida da jovem haja estado em risco devido a hemorragias, o arguido haver-lhe-á negado socorro e só terá tido a sensatez de pedir ajuda depois de combinarem a rocambolesca história de um suposto assalto para justificar o disparo.

A rapariga começou a trabalhar para o sexagenário em meados de 2016 e, volvido pouco tempo, estranhou “avanços despropositados” inerentes a alegado assédio sexual.

No Outono de 2016, a funcionária chegou a ser alvo de espera à porta da respectiva residência e o estofador terá telefonado à jovem e à mãe dela dizendo-lhes que tencionava matá-las caso a rapariga se despedisse.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com