Coimbra  21 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pombal coloca em funcionamento cinco parques de recolha de monstros

26 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Pombal coloca em funcionamento cinco parques de recolha de monstros

O Município de Pombal colocou em funcionamento cinco parques de recolha de monstros, em Abiul, Albergaria dos Doze, Redinha, Santiago de Litém e Vermoil, num investimento a rondar os 150 000 euros.

“A iniciativa vem dar resposta a uma necessidade há muito sentida de dotar as freguesias com condições de recolha de resíduos domésticos volumosos que, pela sua dimensão, volume, forma ou peso, não podem ser recolhidos pelos meios normais de remoção como, por exemplo, móveis, colchões, electrodomésticos e alcatifas/ tapetes”, disse a autarquia.

“Por outro lado, estes novos equipamentos procuram disciplinar a má utilização que, de uma forma geral, é dada aos contentores de resíduos que têm estado disponíveis para este fim e que tão má imagem dão do nosso concelho”, acrescentou.

Não serão aceites resíduos provenientes de construções e demolições; pneus e quaisquer outros resíduos provenientes de oficinas; resíduos perigosos (telhas lusalite, tintas, lã de rocha, entre outros); resíduos industriais; cartões, plásticos diversos; lixos domésticos; resíduos verdes (relvas, palmeiras, ramos, etc…), entre outros.

Os respectivos espaços, destinados exclusivamente a utilizadores domésticos, estão devidamente murados e vedados, estando dotados de um contentor destinado ao depósito dos resíduos. Estão equipados, ainda, com um sistema de videovigilância com vista a vigiar o uso, evitando uma utilização abusiva ou irregular.

De acordo com as regras anunciadas no local, é expressamente proibido e punível com coima, depositar qualquer tipo de resíduos fora do contentor, bem como no espaço interior e exterior do recinto. É igualmente proibido furtar, destruir, vandalizar ou danificar os equipamentos existentes no espaço, bem como o furto de resíduos existentes no parque de recolha.

O funcionamento de cada parque, assim como o seu horário de abertura, é assegurado pelas respectivas juntas de freguesia, em articulação com a Câmara Municipal de Pombal, dependendo do sentido de responsabilidade e consciencialização de cada utilizador o sucesso destes novos equipamentos, cabendo a cada um dos cidadãos, enquanto utilizadores, cumprir com as boas práticas de utilização.

 

Iniciativas do Município destacadas como boas práticas a nível nacional

As iniciativas “Conviver com o risco” e “#Nós_conseguimos”, desenvolvidas pelo Município de Pombal, através da sua equipa multidisciplinar PICIE/PMPSE (Programa Municipal de Potenciação de Sucesso Escolar), foram destacadas como boas práticas a nível nacional pela Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras.

“Conviver com o risco”, que decorreu no início do ano lectivo, pretendeu ser uma campanha de sensibilização dirigida às famílias sobre os cuidados a ter relacionados com a saúde e o bem-estar de todos, incluindo temas sobre nutrição, terapia da fala ou psicologia.

Por sua vez, a iniciativa “Nós_conseguimos” desenvolveu-se através da recolha de vários testemunhos em formato de vídeo sobre a forma como os jovens sentem a pandemia e como ultrapassam alguns constrangimentos, com o intuito de passar uma mensagem positiva e motivadora para os restantes jovens e população em geral.

Pombal é um dos 65 municípios membros da Associação Internacional das Cidades Educadoras e que constituem a Rede Territorial Portuguesa, defendendo e assumindo nas suas práticas os Princípios da Carta das Cidades Educadoras.