Coimbra  15 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Politécnico de Coimbra vê aprovada proposta de criação do primeiro doutoramento

21 de Junho 2024 Jornal Campeão: Politécnico de Coimbra vê aprovada  proposta de criação do primeiro doutoramento

O Politécnico de Coimbra obteve aprovação integral para a criação do novo doutoramento em Sustentabilidade Agro-Alimentar e Ambiental. A proposta recebeu luz verde sem restrições por parte da Comissão de Avaliação Externa (CAE) da A3ES – Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

Este doutoramento é fruto de uma colaboração entre o Politécnico de Coimbra, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o Instituto Politécnico de Viseu e o Instituto Politécnico de Santarém. O objectivo é formar especialistas e profissionais capacitados para apoiar o desenvolvimento sustentável das áreas rurais em regiões vulneráveis às mudanças climáticas e socioeconómicas, com especial foco na região Centro de Portugal. As aulas serão ministradas nas Escolas Superiores Agrárias de Coimbra, Castelo Branco e Viseu, além da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, com a colaboração da Escola Superior Agrária de Santarém.

Jorge Conde, presidente do Politécnico de Coimbra, comentou que este é “um marco significativo para o Politécnico de Coimbra e para as outras instituições envolvidas, demonstrando que os Politécnicos têm capacidade académica para oferecer doutoramentos de alta qualidade”.O presidente destacou ainda a relevância do tema do doutoramento, reconhecido pela CAE como “muito importante e inovador no contexto do ensino superior português”.

O relatório da CAE elogiou diversos aspectos da proposta, incluindo “a denominação atraente que aborda uma temática actual e relevante tanto cientificamente quanto socialmente”, “o plano de estudos, o conjunto de disciplinas e os seus conteúdos” e “a capacidade científica, experiência e recursos para desenvolver actividades de investigação”, especialmente “a qualidade do corpo docente” nas áreas abrangidas pelo novo ciclo de estudos.

Este novo doutoramento começará a ser oferecido já a partir de Setembro, integrando os Politécnicos de Coimbra, Castelo Branco e Viseu num grupo selecto de instituições de ensino politécnico que oferecem formação avançada nesta área crucial para o futuro sustentável do país.