Coimbra  25 de Fevereiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Poiares vê aprovado projecto que alia desporto e educação na promoção do concelho

10 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Poiares vê aprovado projecto que alia desporto e educação na promoção do concelho

A Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares viu aprovada, pela Comissão Europeia, a sua candidatura ao programa “Erasmus + Sport Small Collaborative Partnership” com o projecto “Sport Nature 3.0”.

O consórcio é liderado pelo Município de Vila Nova de Poiares e envolve o Município de Miélec (Polónia), Município de Hévíz (Hungria), Oxygen Cycling Club (Macedónia) e a Associação Recreativa de São Miguel (Portugal).

Este projecto tem como principal objectivo “permitir que o desporto seja utilizado como ferramenta educacional e através da prática desportiva na natureza contribuir também para a promoção do território, não só concelhio como regional”, informou a autarquia de Poiares.

Para implementar a iniciativa será desenvolvida uma aplicação móvel “onde os Percursos Pedestres vão estar presentes, permitindo aos utilizadores interagir e aceder a elementos de educação ambiental, fauna e flora, bem como, de informação histórica dos três percursos presentes no município”.

Para além disto, existe uma vertente educativa ligada às escolas e ao ensino, através da produção de um guia para o desenvolvimento de um programa educacional, tirando partido das valências geradas durante o tempo de vida do projecto.

O Município de Vila Nova de Poiares afirma-se como concelho-piloto para o desenvolvimento da referida aplicação e respectiva utilização, “podendo vir a ser replicado o modelo noutros locais”, acrescentou a autarquia.

O projecto prevê reuniões transnacionais em cada país parceiro, de forma a partilhar as boas práticas associadas à implementação e dinamização deste e para reforçar as relações internacionais.

A iniciativa “sustenta-se na promoção de uma consciencialização a nível europeu para a prática da actividade física ao ar livre e os benefícios que advêm da mesma. Ao mesmo tempo que valorizamos a história e cultura de cada região e promovemos uma educação multicultural e ambiental através de uma abordagem centrada na aprendizagem não formal”, afirmou o Executivo.

Após a aprovação do projecto já foi realizada uma reunião de parceiros para aprimorar a implementação deste e outra com a Agência Executiva de Educação Audiovisual.