Coimbra  12 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Plano Ciclável de Coimbra em discussão pública no sábado

14 de Março 2024 Jornal Campeão: Plano Ciclável de Coimbra em discussão pública no sábado

Vai decorrer no próximo sábado, dia 16, das 9h30 às 13h30, na EB 2/3 Alice Gouveia, uma sessão pública de apresentação de dois processos do Plano Ciclável de Coimbra.

Vai ser dado a conhecer o estudo prévio da “Extensão da ciclovia de Coimbra à Solum – Eixo Alto de S. João/Cidral” e a Rede de Vias Cicláveis, com a presença da vereadora da Mobilidade, Ana Bastos.

Ao mesmo tempo que se dá seguimento à participação pública destes projectos de mobilidade, o encontro de sábado serve, também, para recolher contributos e criar grupos de trabalho. A autarquia deixa ainda um desafio a todos os que quiserem participar: deslocarem-se até à EB 2/3 Alice Gouveia de bicicleta.

Esta sessão, que conta com a colaboração do movimento Coimbr’a Pedal (www.coimbrapedal.pt), é mais um passo para a promoção do envolvimento de todos no Plano Ciclável de Coimbra.

A reunião é aberta, sem limite de participações, apelando-se, contudo, por uma questão logística, à confirmação de presença por parte dos interessados até esta quinta-feira, dia 14, para o email dmtt@cm-coimbra.pt.

Com a finalidade de proporcionar o convívio e a troca de experiências entre comercializadores e utilizadores de bicicletas, bem como o esclarecimento de dúvidas e demonstrações, a Câmara de Coimbra convida, ainda, todos os representantes deste sector do concelho a apresentarem os seus veículos, possibilitando a sua experimentação por parte dos participantes.

Recorde-se que o Executivo municipal aprovou, na reunião de 5 de Fevereiro, uma proposta para o Plano Ciclável de Coimbra, com a criação de 209 quilómetros de novas ciclovias em continuidade com a rede atual, que tem 26 quilómetros e que se encontra, actualmente, em fase de discussão pública.

Este plano encontra-se alinhado com a Estratégia Nacional para a Mobilidade Ativa Ciclável 2020-2030, sendo intenção da autarquia promover comportamentos compatíveis com o desenvolvimento sustentável.

Refira-se que, na mesma reunião, foi votado o estudo prévio para a “Extensão da ciclovia de Coimbra à Solum – Eixo Alto de S. João/Cidral”, identificado no Plano Ciclável de Coimbra como prioritário.

Com esta extensão pretende intersectar-se a ciclovia do Vale das Flores com a extensão à Solum. A extensão da ciclovia de Coimbra à Solum apresenta-se como um “grande desafio” por ser uma intervenção num tecido urbano consolidado e denso, com grandes volumes de circulação rodoviária e elevada pressão de estacionamento. É, também, uma zona onde a circulação pedonal é intensa, muito devido à grande presença de usos mistos (habitacionais e variados serviços, comércio e educação). Estima-se que custe 2,8 milhões de euros.