Coimbra  10 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PJ intercepta dois pedófilos

21 de Novembro 2016

A Polícia Judiciária de Coimbra revelou, hoje, ter detido dois homens, indiciados pela prática de crimes de abuso sexual de crianças.

Presentes a primeiro interrogatório judicial, os arguidos estão impedidos de contactar as presumíveis vítimas, a título de medida de coacção, e encontram-se obrigados a apresentarem-se periodicamente a um órgão de polícia criminal.

Um deles, 45 anos de idade, da zona de Coimbra, é suspeito de ter infligido abuso sexual a duas menores, de oito e 13 anos, aproveitando-se da relação familiar, como tio.

O outro, 57 anos, da zona de Cantanhede, haverá cometido, também de forma reiterada, vários crimes de abuso sexual de criança, de que terá sido vítima outra menor, 13 anos de idade, aproveitando-se de uma relação de vizinhança.

O suspeito, de acordo com a PJ, já tinha sido detido em 2015 por suspeita do mesmo tipo de crime, estando ainda a aguardar julgamento. Casado, o detido possui uma pequena oficina de motorizadas e bicicletas, tendo sido visto a transportar a vítima de motorizada para o pinhal.

O abuso infligido a menor de 14 anos é punível, ainda que não haja lugar a cópula, coito oral ou anal, independentemente de eventual consentimento da vítima, por consistir em crime contra a autodeterminação sexual.