Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PJ deteve suspeito de infligir abuso sexual a criança

30 de Agosto 2018 Jornal Campeão: PJ deteve suspeito de infligir abuso sexual a criança

Um indivíduo sob suspeita de infligir abuso sexual a uma menina, oito anos de idade, foi detido, pela PJ de Aveiro, revelou, hoje, a corporação.

A  vítima é vizinha do arguido e neta de um familiar dele.

Segundo a Polícia Judiciária, o homem, que vive sozinho, aproveitou circunstâncias de convívio com a família da criança para “a sujeitar a actos sexuais de relevo, de índole diversa, sendo que em algumas ocasiões fotografou e filmou essas práticas com um telemóvel”.

O abuso infligido a menor de 14 anos é punível, ainda que não haja lugar a cópula, coito oral ou anal, independentemente de eventual consentimento da vítima, por consistir em crime contra a autodeterminação sexual.

Para levar a cabo os seus “desígnios libidinosos”, prossegue a PJ, o indivíduo aproveitou, também, a imaturidade da menina e aliciou-a com contrapartidas materiais.

A Polícia crê que os indícios recolhidos apontam no sentido de os abusos sexuais terem perdurado, regularmente, nos últimos meses.

O arguido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes (Ministério Público e Tribunal de Instrução Criminal) a fim de ser submetido a medida(s) de coacção, cujo leque vai da obrigatoriedade de apresentação a um órgão de polícia criminal à prisão preventiva, passando pela proibição de contactos e imposição de condutas.