Coimbra  30 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PJ detém fiscais da Câmara da Figueira da Foz por suspeita de corrupção

14 de Maio 2024 Jornal Campeão: PJ detém fiscais da Câmara da Figueira da Foz por suspeita de corrupção

A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois fiscais da Câmara Municipal da Figueira da Foz por suspeita da prática de crimes de corrupção e abuso de poder.

Os dois detidos são suspeitos de terem pedido e aceitado vantagens indevidas para não cumprirem aquelas que seriam as suas funções, no âmbito de processos de construção, revelou, esta terça-feira, a Direcção Nacional da PJ.

Os detidos são fiscais dos serviços de fiscalização da Câmara Municipal da Figueira da Foz e com responsabilidades diretas na fiscalização do cumprimento da legislação por parte dos munícipes.

O modo de actuação dos suspeitos passava, alegadamente, pela exigência de quantias monetárias na sequência de pressões no âmbito de procedimentos relacionados com projectos de obras, explicou a PJ.

A investigação, levada a cabo pela Directoria do Centro da PJ, deu cumprimento a oito mandados de busca domiciliárias e não domiciliárias.

“As buscas agora realizadas permitiram a recolha de prova pessoal e a apreensão de prova de natureza documental e digital”, salientou a PJ, registando e reconhecendo ainda a colaboração dos serviços do município na investigação.

Segundo a PJ, os detidos serão presentes ao Tribunal de Instrução de Coimbra para primeiro interrogatório e aplicação de medidas de coacção.

Denúncias do Município

A detenção de dois fiscais da Câmara da Figueira da Foz pela Polícia Judiciária (PJ), por suspeitas de corrupção, resulta de uma investigação iniciada com denúncias do Município, segundo disse à agência Lusa fonte do Executivo.

“Há cerca de um ano o Município recebeu umas denúncias e participou às autoridades competentes”, afirmou à agência Lusa fonte do gabinete do presidente Pedro Santana Lopes, remetendo mais explicações para um comunicado a emitir pela autarquia.