Coimbra  27 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pista de atletismo do Estádio de Coimbra vai ter tecnologia pioneira em Portugal

16 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Pista de atletismo do Estádio de Coimbra vai ter tecnologia pioneira em Portugal

A nova pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra vai ter uma tecnologia “smartrack” pioneira em Portugal, que foi doada pela empresa Polytan, e que vai permitir a medição das performances dos atletas através de sensores.

Representando um investimento de 530 000 euros, a pista de atletismo está na sua fase final e pretende dotar este equipamento das condições adequadas à prática desportiva de acordo com os normativos nacionais e internacionais, passando a ser certificada para acolher competições oficiais e treinos de alto rendimento.

A conclusão das obras da pista de atletismo do Estádio Municipal, onde decorrem neste momento trabalhos de aplicação do tartan, foram visitadas pelo presidente da Câmara, Manuel Machado, e os vereadores Carlos Cidade e Regina Bento.

Os autarcas conversaram com um dos responsáveis técnicos da empresa que está a trabalhar na aplicação do tartan e que decidiu doar a instalação de uma tecnologia pioneira em Portugal, no valor de 3 500 euros, que foi aceite pelo Executivo municipal na sua última reunião.

A Polytan vai assim aplicar gratuitamente a tecnologia “rekortan smartrack”, que consiste na implementação de dois portais magnéticos no próprio pavimento da pista. Este sistema permitirá a medição das performances dos atletas através de sensor próprio ou via smartphone. Uma tecnologia que actualmente não existe em nenhuma pista de atletismo em Portugal e que representa uma mais valia para apoio ao treino, tornando a presente instalação uma referência para estágio e competições.

Com este equipamento a avaliação de toda a performance do atleta pode ser estudada ao pormenor, representando assim uma ferramenta muito importante para os treinadores, sendo uma tecnologia que pode ser utilizada por diferentes atletas ao mesmo tempo.

A empreitada em curso visa recuperar a pista de atletismo de acordo com os normativos da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF). O objectivo da autarquia é que esta infraestrutura desportiva esteja capacitada para acolher competições regionais, nacionais e internacionais, bem como para a iniciação ao atletismo e formação ao treino de alto rendimento.

Para isso, o investimento municipal é de 528 353 euros (IVA incluído) e a intervenção começou pelo levantamento integral do revestimento sintético e a correcção de todas as depressões existentes no pavimento.

As marcações e pinturas da pista, de acordo com as regras da FPA e da IAAF, e a reformulação do acesso à pista interior de aquecimento, que vai passar a ser por meio de rampa, também estão previstas na obra.