Coimbra  25 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penela apresenta novo sítio arqueológico no âmbito da Feira de São Miguel

25 de Setembro 2020 Jornal Campeão: Penela apresenta novo sítio arqueológico no âmbito da Feira de São Miguel

O Município de Penela apresenta, hoje, o sítio arqueológico da vila romana de São Simão, com ocupação entre o século II e V d.C., que pertencia ao antigo município de Conímbriga.

A apresentação agendada para as 11h00, no próprio local, e insere-se no programa das comemorações das Jornadas Europeias do Património e da Feira de São Miguel – Feira das Nozes e dos Produtos Endógenos, que tem início também hoje e que se prolonga até terça-feira (29), dia do feriado municipal.

As escavações iniciaram-se em 2016 e têm sido exclusivamente financiadas pelo Município de Penela, disse à agência Lusa o presidente da Câmara, que pretende desenvolver anualmente acções arqueológicas.

Segundo Luís Matias, os trabalhos permitiram descobrir achados da época romana, entre os mais importantes uma construção habitacional e 19 pavimentos de mosaicos, que estilisticamente apontam para fases muito distintas de ocupação até inícios do século V.

“O nosso objectivo é desenvolver um sistema de protecção que permita condições para as escavações e para a visitação”, adiantou o autarca, precisando que aquele conjunto arqueológico se situa junto ao adro da Capela da Senhora da Graça, em São Simão.

A apresentação do sítio conta com a presença de Jorge Alarcão, penelense e especialista da época romana, e Pedro Carvalho, conselheiro científico da vila romana de São Simão e subdirector da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Vila adapta-se e celebra festas de S. Miguel e o feriado municipal

Seguindo todas as medidas do Plano de Contingência e as recomendações das autoridades de saúde, a vila de Penela vai cumprir a tradição de sempre e festejar o seu santo padroeiro – São Miguel – e o seu feriado municipal.

As tradicionais festas de S. Miguel não vão realizar-se nos moldes habituais, ainda assim a Câmara Municipal de Penela vai promover a realização de diversas iniciativas já tradicionais como o caso da secular Feira das Nozes.

“Depois do ensaio com a Feira do Mel [no Espinhal], temos condições para garantir um bom funcionamento, não interrompendo uma feira centenária”, sublinhou Luís Matias, adiantando que apenas não se realiza a Feira Agrícola e Industrial de Penela (Fagrip).

Assim, ao invés de se designar por Festas anuais de S. Miguel – Fagrip, a autarquia vai organizar a Feira de S. Miguel, entre amanhã (25) e terça-feira (29).A pandemia obrigou a algumas restrições, pelo que durante a realização das actividades, a Câmara Municipal irá “sensibilizar as pessoas para o uso de máscara no recinto da feira, sendo garantida a distância mínima de dois metros entre os expositores”, para além disso, “vai haver reserva do bilhete para os espectáculos, entre outras normas previstas no ‘Plano de Contingência’”.

Estas iniciativas servem “unicamente para marcar uma data e manter viva uma tradição, criada já no longínquo ano de 1433”, refere a Câmara Municipal, destacando da programação as comemorações das Jornadas Europeias do Património e o encerramento da VII Bienal do Humor d’ Luís Oliveira Guimarães, com a entrega de prémios. Para além disso, é de referir que Penela celebrará, igualmente, o seu dia na terça-feira (29), com uma sessão solene e homenagens a algumas entidades do concelho.

Os apontamentos culturais e musicais previstos no programa vão ser realizados em espaços delimitados e com lotação definida, com lugares sentados mediante pré-reserva e circuitos específicos de entrada e saída.

A tradição será cumprida com a realização da Feira das Nozes, no domingo (27), logo a partir das 06h00, seguida da Feira dos Produtos Endógenos, pelas 08h30, onde o foco será precisamente a comercialização das nozes, dos produtos locais e de bens de primeira necessidade. Ao nível da animação, também aqui estão representadas as estruturas profissionais do concelho, dando espaço ao talento local.

A Câmara pretende, assim, “dar continuidade ao espírito que norteia transversalmente toda sociedade portuguesa e manter vivo o sector cultural”.

Programa celebra talento e património concelhio

Durante cinco dias, Penela vai dar a conhecer o melhor do património e talento concelhio, associando-se para isso às Jornadas Europeias do Património e ao Dia Mundial do Turismo.

Assim, destacam-se hoje, como já referido, as comemorações das Jornadas Europeias do Património, pelas 11h00, em São Simão, onde será apresentado o Sítio Arqueológico da Villa romana de São Simão. Às 21h00, decorrerá a apresentação do projecto da Companhia da Chanca, no auditório da praça da República.

Amanhã (26), prosseguem as iniciativas associadas às Jornadas Europeias do Património, nomeadamente, de manhã, com uma “Hora do Conto”, no castelo de Penela; e à tarde animação infantil com Catrapum Catrapeia, no Parque Águas Romanas. Pelas 17h00, realiza-se a apresentação do livro “Villa Romana do Rabaçal – Um objeto de arte na Paisagem – 2ª Edição”, de Miguel Pessoa, no Pavilhão Multiusos. A noite (21h00) fica reservada para um concerto comemorativo dos 40 anos de carreira de Mário Mata, também no Pavilhão Multiusos.

No domingo (27), para além das feiras das nozes e dos produtos endógenos, as Jornadas do Património prosseguem com uma visita guiada à Villa romana do Rabaçal e PO.RO.S, em Condeixa-a-Nova, pelas 10h00. A Sociedade Filarmónica Penelense animará a tarde e, às 21h00, realiza-se o concerto Grand Pulsar, no Pavilhão Multiusos.

O Dia Mundial do Turismo será o tema principal de segunda-feira (28), com visitas ao património classificado do concelho de Penela, pelo Agrupamento de Escolas Infante D. Pedro. A noite anima-se com o concerto “Duas Chamadas Não Atendidas”.

Finalmente, na terça-feira (29), feriado municipal, a sessão solene decorrerá, este ano, no pavilhão multiusos, a partir das 11h00.

Ricardo Araújo Pereira e Fernanda Freitas encerram Bienal do Humor

A VII Bienal do Humor Luís d`Oliveira Guimarães termina, que esteve em destaque durante todo o mês de Setembro, com várias exposições e concursos, para além de, nesta edição, homenagear o “pai” do Serviço Nacional de Saúde (SNS) António Arnaut.

O último dia da Bienal será, precisamente, na terça-feira (29), cujo ponto alto vai ser uma tertúlia com um dos humoristas mais consagrados do nosso país: Ricardo Araújo Pereira e a jornalista Fernanda Freitas, pelas 16h30, no pavilhão multiusos. Segue-se, depois, a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da Bienal deste ano, entre os quais se destaca o primeiro prémio “Caricatura António Arnaut” atribuído ao artista português Henrique Monteiro.

A cerimónia de entrega dos prémios e encerramento da VII Bienal de Humor terá transmissão em “live streaming” no Facebook.

A programação terminará com o concerto, às 19h00, “Canções Ibéricas”, pela Companhia da Chanca.