Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penacova vai criar área integrada de gestão da paisagem do Vale do Alva

21 de Março 2021 Jornal Campeão: Penacova vai criar área integrada de gestão da paisagem do Vale do Alva

Vai ser criada na área geográfica das União de Freguesias de São Pedro de Alva e São Paio de Mondego, União de Freguesias de Friúmes e Paradela e União de Freguesias de Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego.

A proposta da primeira Área Integrada de Gestão da Paisagem (AIGP) do concelho de Penacova foi submetida à Direcção-Geral do Território, no âmbito do Programa de Transformação da Paisagem.

Entendendo que a paisagem em meio rural é assumida, a nível nacional, como fundamental para a valorização e desenvolvimento sustentável dos territórios e para a qualidade de vida dos cidadãos, os Técnicos do Serviço Municipal de Protecção Civil (GTF, ADESA) desenvolveram a AIGP do Vale do Alva.

Trata-se de uma proposta estruturada e sustentável ambiental e financeiramente e que tem como objectivo contribuir para o desenvolvimento integrado, a partir do reordenamento da paisagem na senda de uma floresta ordenada, biodiversa e resiliente.

Para esse efeito, a AIGP sujeita uma determinada área com factores críticos de perigo de incêndio e vulnerabilidade a um conjunto articulado de intervenções visando, de forma integrada, a reconversão e gestão de espaços florestais, agrícolas e silvopastoris com o objectivo de garantir uma maior resiliência ao fogo e melhorar os serviços de ecossistemas, promovendo a revitalização destes territórios e a adaptação às alterações climáticas.

“Neste contexto, é fundamental que os proprietários se constituam como parceiros activos e motivados a investir e gerir as suas propriedades rústicas, incluindo no contexto pós-fogo, de modo a quebrar o ciclo de desinvestimento e a promover a gestão ativa, o ordenamento e a revitalização das áreas florestais de minifúndio”, refere a autarquia.

Integrada no Programa de Transformação da Paisagem, a futura AIGP do Vale do Alva, vem “responder à exigência de uma prevenção activa, do reforço do ordenamento e da integração da gestão rural, bem como da construção de redes estruturais e meios de prevenção e protecção contra incêndios e outros riscos ou pragas”.

O presidente da Câmara, Humberto Oliveira, refere que “com esta proposta, pretendem efectivamente transformar a paisagem, valorizando, gerindo e defendendo os espaços rurais daquela área geográfica, o seu património florestal, paisagístico e ambiental, a segurança das populações e alavancar o desenvolvimento económico e social local”.

Vasco Morais (SMPC) conclui: “Esta proposta que integra os três pilares da sustentabilidade, o pilar ambiental, o económico e o social. É uma proposta dinâmica que envolve as pessoas na promoção do ordenamento da paisagem, na implementação de medidas de protecção, na boa gestão florestal”.