Coimbra  25 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penacova transfere 200 000 euros para a Escola de Artes

12 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Penacova transfere 200 000 euros para a Escola de Artes

A Câmara Municipal de Penacova vai transferir 200 000 euros para a Escola de Artes no âmbito do protocolo assinado com aquela Escola do concelho.

Fundada no ano lectivo de 2014/2015, a Escola de Artes de Penacova, tutelada pela Filarmónica Boa Vontade Lorvanense, é um espaço de ensino artístico especializado de música que privilegia o ensino articulado de acordo com os planos curriculares definidos pelo Ministério da Educação.

Humberto Oliveira, presidente da autarquia, relembra o caminho percorrido desde 2014 e destaca que “não sendo este um ano particularmente feliz para todos nós, podemos, no entanto, registar 2020 como um ano de sucesso para a Escola de Artes de Penacova, já que conseguimos obter, da Direcção-Geral da Administração Escolar, autorização definitiva para o seu funcionamento. Esta autorização confirma a qualidade da escola, dos professores, da oferta educativa de Penacova ao nível do ensino artístico”.

Satisfeito e convicto de que o caminho traçado pelo Executivo municipal permitiu que “os nossos jovens passassem a frequentar a Escola de Artes e a deslocar-se cada vez menos para outros concelhos a fim de estudar música”, Humberto Oliveira, destaca o facto de esta Escola ter suprido uma necessidade, “a necessidade dos jovens que pretendiam frequentar o regime articulado e o ensino artístico em Penacova, tendo colmatado também a necessidade daqueles que pretendiam aprender em regime livre. Desde sempre que, o nosso objectivo, passou também por termos uma Escola aberta à comunidade, com uma oferta alargada aos que querem aprender a tocar um instrumento, em regime livre, aprender ‘ballet’, dança contemporânea ou teatro. E conseguimos fazer essa oferta, tal como conseguimos desenvolver projectos muito interessantes, como a música para bebés ou o projecto música sénior”.

João Azadinho, vice-presidente da Câmara de Penacova e vereador com o Pelouro da Cultura sublinha a importância da Escola de Artes no desenvolvimento cultural e artístico do concelho. “A Escola abriu-nos horizontes, é um parceiro activo na diferenciação da oferta cultural do concelho. Os concertos e espectáculos que nos oferecem são de uma enorme qualidade e rigor artístico e isso é algo que nos orgulha muito. Temos trabalhado em parceria com a Direcção Pedagógica da Escola e com a Filarmónica Boa Vontade Lorvanense e este projecto tem tudo para continuar a crescer e a ser um parceiro activo das colectividades e freguesias do concelho, fortalecendo-as.”

A transferência de verba para a Filarmónica Boa Vontade Lorvanense decorre durante o ano lectivo 2020/2021 e tem como objectivo comparticipar as despesas correntes daquela instituição de ensino.