Coimbra  3 de Dezembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penacova dá apoio personalizado a pessoas frágeis e de risco

23 de Março 2020 Jornal Campeão: Penacova dá apoio personalizado a pessoas frágeis e de risco

O Município de Penacova está a intensificar o seu apoio à população mais frágil ou de maior risco, perante a Covid-19, e vai dar-lhe “apoio personalizado”, anunciou, hoje, a Câmara.

“A população mais frágil ou de maior risco vai receber apoio personalizado do Município de Penacova, que se articulou com vários parceiros a fim de serem prestados serviços essenciais, como a compra de alimentos, a confecção e distribuição de refeições, a aquisição de medicamentos e outros bens de primeira necessidade”, afirma a autarquia.

Além destas, “estão a ser operacionalizadas”, em conjunto com “toda a rede social e em colaboração com as juntas de freguesia” do concelho, outras medidas de apoio social a quem “apresentar uma situação de carência ou necessidade”, acrescenta.

“Identificar os casos de risco e as pessoas que possam passar por mais dificuldades numa altura destas torna-se imperativo”, sustenta o presidente da Câmara, Humberto Oliveira.

“Todo o Executivo municipal” e todos os autarcas das Juntas de Freguesia “querem combater e atenuar essas mesmas fragilidades a fim de salvaguardar os cuidados primários a estes grupos de risco, nomeadamente idosos e pessoas com doenças crónicas, que não devem sair de suas casas”, assegura Humberto Oliveira.

A Câmara de Penacova criou, na semana passada, “uma equipa de apoio, constituída por técnicos que, numa primeira fase, fazem o atendimento telefónico e análise das situações, apoiados pelos parceiros da comunidade, tendo como orientação a prestação de um apoio personalizado”.

A autarquia apelou, então, a que “toda a comunidade, através da rede de proximidade, dê a conhecer estas medidas e possa reportar aos serviços informação de casos que carecem de intervenção”, designadamente pelo telefone (239470318/19), entre as 09h00 e as 23h00 ou por ‘email’.

A Câmara tem utilizado o seu portal e a rede social Facebook para “lançar várias informações e medidas relacionadas com o delicado momento que todos enfrentam”.