Coimbra  24 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penacova: Cidadãos prosseguem protesto contra preço da água

11 de Março 2020 Jornal Campeão: Penacova: Cidadãos prosseguem protesto contra preço da água

O Movimento Espontâneo de Cidadãos (MEC) vai estar hoje, pelas 15h00, na Assembleia Municipal de Penacova, reiterando que não aceita os “aumentos abusivos” do preço da água, saneamento, resíduos sólidos e outras taxas.

Segundo referem, os cidadãos pretendem entregar ao presidente da Câmara de Penacova, que também preside ao Conselho de Administração da APIN (Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior Norte), um saco do lixo com as facturas que já foram enviadas para alguns munícipes.

“O MEC não aceita estas tarifas por considerar que é mais uma machadada numa região cada vez mais desertificada e envelhecida onde o poder de compra é cada vez menor”, refere o movimento, através de Jorge Neves.

“Não aceitamos os aumentos abusivos do preço da água, saneamento, resíduos sólidos e outras taxas pela APIN, quando publicamente assumiram o aumento a rondar os 10 por cento. Com estes aumentos os eleitos do poder local demitiram-se de assegurar e zelar os interesses dos seus munícipes e não se importam de sacrificar aqueles que deviam apoiar”, acrescenta o MEC – Penacova.

Este movimento defende “a saída imediata do Município de Penacova da APIN e, para isso, desafia os deputados do PS na Assembleia Municipal a deixarem passar as propostas do PSD e da CDU”. “Caso se recusem a deixar a APIN que se demitam e convoquem eleições antecipadas”, desafia o MEC.

Este movimento insurge-se, também, “contra algumas chamadas telefónicas que foram feitas a convidarem pessoas para encherem a sala da Assembleia Municipal, para evitar a presença em massa da população que exige a saída da APIN”.