Coimbra  24 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pedro Coimbra é o candidato do PS à Câmara de Penacova

11 de Abril 2021 Jornal Campeão: Pedro Coimbra é o candidato do PS à Câmara de Penacova

A Comissão Política de Penacova do Partido Socialista (PS) escolheu, este sábado (10), Pedro Coimbra para candidato a presidente da Câmara Municipal.

Caso seja eleito, Pedro Coimbra “trocará o Parlamento pela Câmara, regressando à sua terra, a que tem estado sempre ligado”, disse o PS de Penacova.

O candidato, de 48 anos, nasceu e cresceu em Penacova, tendo aí estudado até ao 12.º ano. Licenciou-se em Engenharia Civil e fez o MBA (“Master Business Administration”) para executivos, ambos na Universidade de Coimbra.

Pedro Coimbra é presidente da Assembleia Municipal de Penacova, desde 2009, e está ligado a várias associações e causas do concelho. Foi presidente do Conselho de Administração da Águas de Coimbra; vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro; e foi membro da direcção do Centro Distrital da Segurança Social de Coimbra, entre muitas outras funções de relevo.

Actualmente, é deputado na Assembleia da República, onde “tem vindo a assumir a presidência de uma das mais importantes comissões parlamentares, a de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação”. Para além disto, tem acompanhado a execução dos fundos comunitários e a preparação dos próximos programas de financiamento como o PRR e o Portugal 2030.

O candidato a presidente da Assembleia Municipal será Humberto Oliveira, que nos últimos 12 anos mereceu a confiança dos penacovenses para presidir ao Município, sempre eleito com margem significativa e onde lhe “é reconhecido um grande trabalho”.

Desta forma, visto que todos os candidatos às Juntas de Freguesia foram apresentados no mês de Fevereiro, o PS de Penacova encerra os cabeças de lista a todos os órgãos autárquicos do concelho.

Após ter sido votado, Pedro Coimbra referiu que “a gestão autárquica é muito exigente nos dias de hoje e vai ser mais ainda no futuro próximo, com o reforço de competências provenientes da descentralização, e com a captação de fundos comunitários para o desenvolvimento dos territórios”, áreas em que o candidato tem vindo a intervir em lugares de destaque, sobretudo no que diz respeito aos fundos comunitários que conhece bem.