Coimbra  19 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pavilhão Centro de Portugal acolhe recital de piano de Gerardo Rodrigues

12 de Maio 2022 Jornal Campeão: Pavilhão Centro de Portugal acolhe recital de piano de Gerardo Rodrigues

A Câmara Municipal de Coimbra promove, amanhã (13), às 21h30, um recital de piano de Gerardo Rodrigues, no Pavilhão Centro de Portugal, para apresentação do álbum de originais “Estado de Alma”. A entrada é livre.

Intitulado “Estado de Alma”, o mais recente trabalho de Gerardo Rodrigues foi editado em 2021 e será apresentado num concerto intimista, leve e emocionante.

“Estado de Alma” é fruto do isolamento forçado pela pandemia, tratando-se de um projecto musical diferente do habitual no nosso país, já que percorre os géneros new-age, neo-classical, indi-classical ou instrumental contemporary, sendo já visto como uma sonoridade única em Portugal.

O pianista português encontrou no confinamento a oportunidade perfeita para se dedicar à sua carreira a solo, depois de 35 anos a trabalhar para outros artistas e como docente. Foi a introspecção do confinamento que levou Gerardo Rodrigues a sentar-se ao piano e transcrever os seus sentimentos em músicas, todas elas puras, emotivas e carregadas de humildade e agradecimento.

Este concerto apresenta os temas tal como foram criados, expondo a origem e a essência de cada um. O alinhamento do concerto integrará os temas Saudade; Planar; Amanhecer; Matilde; Jéssica; de Coração; Sem Palavras; Percepção; Baile de Máscaras; Para ti; Crescendo; Contraste; Bailado; Cumplicidade; Estrelinha e À Deriva.

Gerardo Rodrigues estudou Piano e Composição no Conservatório de Música da Física, em Torres Vedras. Durante vários anos, leccionou em escolas públicas e privadas. O seu vasto currículo inclui direcção musical, é músico, compositor e produtor. Em 1993, fundou uma escola de música em Torres Vedras e criou a empresa de Produção Musical “Promusical”. Em 2000, participou, como compositor e orquestrador, no 36º Festival RTP da Canção, tendo vencido o concurso com a canção “Sonhos Mágicos”, interpretada por “Liana”. Acompanhou, como músico e director musical, vários artistas portugueses.

Produziu e gravou álbuns para vários artistas nacionais. Depois de ter deixado Portugal e voltado para Nova Iorque (cidade natal) por alguns anos, regressa novamente a Portugal em 2010 onde se estabeleceu em Peniche, criando o seu estúdio. Em 2011, é convidado a ingressar na Academia de Música Stella Maris – Peniche, onde é professor de Piano e diretor pedagógico. Em 2020, frequenta e conclui o curso de direcção de Orquestra, Banda e Coro, ministrada pelo Maestro João Raquel. No mesmo ano, resultado do confinamento, devido à pandemia da doença Covid-19, reuniu várias das suas improvisações ao piano, guardadas, para integrar o seu primeiro álbum a solo intitulado “Improvisos”, lançado em Julho de 2020. Em Fevereiro de 2022, foi distinguido, pelo Rotary Clube de Peniche, como “Profissional do Ano 2022”, pelo trabalho desenvolvido na comunidade, na última década, e pelos dois álbuns lançados nos anos de 2020 e 2021.