Coimbra  30 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pastelaria Briosa promove produtos endógenos na Baixa de Coimbra

25 de Julho 2020 Jornal Campeão: Pastelaria Briosa promove produtos endógenos na Baixa de Coimbra

Está a decorrer, até às 23h00 de hoje (25), o “Sunset Pastelaria Briosa” onde estão a ser apresentadas bebidas espirituosas que se associam à doçaria conventual, tão apreciada, daquele estabelecimento.

“Uma das bebidas aqui apresentada já faz parte do menu, a Lágrima do Mondego. O outro produto é um gin da região, de uma gama superior: o Amicis. Queremos com esta apresentação dar a conhecer alguns produtos que distinguem a nossa casa ao nível das bebidas espirituosas”, explicou Orlanda Duarte, gerente da Pastelaria Briosa, acrescentando que apesar do foco da Briosa “ser a doçaria conventual, quer ser, também, uma casa que consegue inovar, variar na oferta de produtos. Havia a necessidade de realizar uma melhoria nesta área e dar uma dinâmica diferente”, assumiu.

A iniciativa tem como objectivo dar a conhecer um pouco mais daquilo que pode ser apreciado na Pastelaria, chamando gente à Baixa de Coimbra e, claro, ao próprio estabelecimento.

Quanto aos produtos apresentados, os mesmos podem ser degustados pelos visitantes.

“Lágrimas do Mondego”, com as bebidas Lágrima do Rei e Lágrima da Rainha, já é servida na Briosa há cerca de quatro anos e, segundo Rosa Lopes Ribeiro, proprietária da marca, tem como fundamento uma receita de 1842, tipicamente portuguesa e que era produzida nos conventos.

“Isto não é de todo um licor”, explicou Rosa Lopes Ribeiro. “É muito forte para ser licor. Leva muitas frutas, especiarias e flores. Não usa máquinas é tudo realizado com métodos tradicionais”.

Quanto à diferença entre as duas bebidas da marca, a proprietária refere que “a Lágrima do Rei tem um grau alcoólico superior, sendo produzida com quatro frutas, 10 especiarias e várias flores. É considerada um aperitivo, para beber com gelo e água tónica por exemplo”, já a Lágrima da Rainha “é um digestivo e é mais Coimbra. Vai buscar as margens do Mondego com as flores de laranjeira e as próprias laranjas. Também tem especiarias, mas é mais baseada num licor de laranja, apesar de não o ser”.

O gin Amicis, que passa agora a fazer parte do menu de bebidas espirituosas disponíveis naquele estabelecimento do Largo da Portagem, está, também, a ser hoje apresentado no “Sunset”.

Paulo Pereira é o produtor do gin, afirmando que o mesmo é “inspirado nas serras do Açor e de Sicó”. “Todos os elementos que compõem a aromatização do gin são ligados à região”, como por exemplo o mel e a noz de Penela.

O evento continua a decorrer até às 23h00, podendo ser visitado por todos os interessados em conhecerem mais da doçaria e das bebidas que a Pastelaria Briosa dispõe.