Coimbra  29 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Parque Biológico tem um novo habitante, um bezerro de raça minhota

25 de Janeiro 2020 Jornal Campeão: Parque Biológico tem um novo habitante, um bezerro de raça minhota

O Parque Biológico da Serra da Lousã, em Miranda do Corvo, conta desde o início deste ano com uma nova cria: um bezerro de raça minhota.

Este nascimento aconteceu no âmbito de um “projecto de reprodução das raças autóctones da agro-pastorícia tradicional portuguesa”, sendo que a raça minhota é uma das sete representadas no Parque Biológico, sendo caracterizada por uma corpulência mediana com pelagem castanha amarelada e cornos curtos.

“São animais extremamente dóceis e fáceis de lidar, razão pela qual ainda são muito utilizados na agro-pastorícia nas regiões do Minho e Douro Litoral”, refere a administração do Parque, que faz reprodução das várias raças para mais tarde serem entregues a associações acreditadas de raças autóctones.

Além dos sete bovinos, o Parque Biológico apresenta na sua colecção, ovinos e caprinos de raças autóctones que se encontram em declínio de população. Algumas destas espécies e raças, encontram-se no Parque Selvagem, local onde também se encontram espécies emblemáticas da fauna nacional: ursos, linces, lobos, veados ou javalis.

O complexo turístico, Parque Biológico e o Templo Ecuménico Universalista, atingiu, recentemente, a marca dos 300 000 visitantes demonstrando assim ser a maior atracção turística de Miranda do Corvo e uma das maiores da região Centro.