Coimbra  19 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Paróquia de São José lança campanha solidária

6 de Junho 2020 Jornal Campeão: Paróquia de São José lança campanha solidária

A Paróquia de São José, em Coimbra, lança hoje, pelas 21h00, a campanha solidária “AME, São José Cuida!”, a favor das vítimas da covid-19.

A apresentação da campanha, que irá decorrer na arcada principal da igreja de São José, será feita pelo pároco, o padre Jorge Silva Santos, num momento que contará, igualmente, com a presença do Bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, que se quis associar ao arranque desta iniciativa.

A campanha “AME, São José Cuida!” surge “num momento em que a actual pandemia veio expor as principais vulnerabilidades da sociedade, com o agravamento das desigualdades sociais e o crescimento da pobreza. Os pobres ficaram ainda mais pobres e surgiram novas formas de pobreza, associadas ao desemprego e à doença”, revela a Paróquia.

“Como nos disse o Papa Francisco na praça de São Pedro vazia: «Demo-nos conta de estar no mesmo barco, todos frágeis e desorientados, mas ao mesmo tempo importantes e necessários». De facto, ‘Ninguém se salva sozinho’, todos somos responsáveis uns pelos outros”, nota.

A Paróquia recorda, ainda, que “o cuidado aos mais pobres e desfavorecidos constitui um dos pilares fundamentais da Igreja, numa união inseparável entre o amor a Deus e aos irmãos. Com o desejo de manifestar a sua proximidade
e cuidado a todas as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social”, pelo que decidiu-se a criação desta iniciativa solidária, que “apela ao compromisso, acção e oração de todos”

A campanha “AME, São José Cuida!” irá decorrer até 31 Julho e todas as informações estão disponíveis no website ame.igrejasaojose.pt. Ao longo de quase dois meses, a campanha irá articular-se em três áreas de intervenção, designadas por arcos, que remetem para a referência arquitectónica dos três arcos frontais da igreja de São José: ‘Arco Afectivo’, ‘Arco Material’ e ‘Arco Espiritual’. São as letras iniciais de cada arco que dão o nome à campanha “AME”, A de Afectivo, M de Material e E de Espiritual.

Segundo a organização, “com o ‘Arco Afectivo’ pretende-se desenvolver uma iniciativa comunitária que visa aproximar gerações e combater a solidão através da redacção e entrega de 1000 cartas a pessoas idosas, residentes ou não em lares, identificadas como pessoas de maior fragilidade física, social e emocional no contexto da actual pandemia”, sendo que esta dimensão será dinamizada, em primeiro lugar, com a participação dos grupos infantis e juvenis da Paróquia, que serão os principais remetentes, tal como o grupo de escuteiros, estando, no entanto, aberta a todos os paroquianos e não paroquianos que queiram participar.

“O ‘Arco Material’ tem por objectivo angariar fundos para apoiar famílias vítimas da covid-19. Estas verbas serão canalizadas através do Centro de Acolhimento João Paulo II, instituição com conhecimento privilegiado das situações de carência social que se têm manifestado na cidade de Coimbra nos últimos meses. O Centro de Acolhimento João Paulo II fará o devido acompanhamento tanto das angariações como dos casos sociais a apoiar”.

Quanto ao ‘Arco Espiritual’, o mesmo “será o âmbito da iniciativa que irá dedicar tempo de oração às vítimas da
pandemia. Através do website ame.igrejasaojose.pt é possível identificar situações concretas e pedir à Paróquia uma oração específica. Estes momentos de oração são uma forma da comunidade paroquial de São José, unindo-se ao sofrimento de quem atravessa uma fase de maior vulnerabilidade, apoiar espiritualmente as vítimas da covid-19: doentes, famílias enlutadas, desempregados ou outras situações de fragilidade. Ao mesmo tempo, a Paróquia oferece, igualmente, apoio psicológico ou emocional a quem necessitar”.

“A mudança não depende apenas das políticas ou instituições, depende essencialmente da conversão e contributo pessoal de cada um de nós”, enaltece a Paróquia de São José, apelando a todos que apoiem esta iniciativa.