Coimbra  26 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pampilhosa da Serra recusa prospecção de minerais no concelho

12 de Junho 2019

O executivo da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra deliberou, por unanimidade, não concordar com a realização de uma prospecção e pesquisa de depósitos minerais ferrosos e metálicos no território.

Após um pedido realizado pela empresa australiana Fortescue Metals Group Explorations Pty, Ltd à Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) o executivo e a Assembleia Municipal reuniram e concluíram não concordar com o projecto para extracção de lítio.

A autarquia afirma que “os danos irreparáveis que podem ser causados no território” não justificam a “exploração a céu aberto”, considerando, ainda, tratar-se de um projecto que colide com “a política de desenvolvimento sustentável que o Município tem privilegiado ao longo de vários anos, assente no turismo de natureza, na qualidade do ar, da água, do ambiente e do verde”, frisou José Brito, presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra.

De salientar que a actividade mineira, principalmente a céu aberto e com recurso a explosivos e agentes químicos, uma prática comum no caso do lítio, implica risco de contaminação atmosférica, de contaminação de solos e lençóis freáticos, tendo ainda acentuado impacto visual e sonoro.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com