Coimbra  2 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pampilhosa aposta forte em obras de requalificação

4 de Junho 2020 Jornal Campeão: Pampilhosa aposta forte em obras de requalificação

A Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, um dos concelhos do país que menos sofreu com a pandemia de covid-19, tem vindo a proceder a diversas obras de requalificação por toda a vila, no valor de milhares de euros.

Recentemente, o Município anunciou a conclusão de duas empreitadas de requalificação, no caso: a de substituição do gradeamento da ponte que liga a aldeia de Porto de Vacas, em Pampilhosa da Serra, à freguesia de Janeiro de Cima, no concelho do Fundão. Uma obra necessária, já que foi devido à força das águas do rio Zêzere, em Dezembro de 2019 (durante as depressões ‘Elsa’ e ‘Fabien’) que o gradeamento ficou destruído. Uma intervenção que teve um custo de 24 292 euros, e que contemplou, ainda, a reparação dos lintéis de betão delimitadores do tabuleiro e a reparação de anomalias no pavimento.

Já na freguesia de Dornelas do Zêzere, foi concluída a requalificação de alguns equipamentos do Parque Infantil da Escola, tendo também sido substituído o pavimento do parque, de modo a devolver todas as condições de segurança e conforto exigidas.

A obra ascendeu a montante a rondar os 11 500 euros, estando ainda a ser ultimado o trabalho de construção do novo edifício da Escola Sede de Pampilhosa da Serra, destinado ao pré-escolar e primeiro ciclo.

Segundo a autarquia, a “intervenção contempla duas salas para o pré-escolar e quatro para o primeiro ciclo, assim como a melhoria das acessibilidades e a requalificação do campo de jogos e do parque infantil”.

Entretanto, a Câmara Municipal já deu início a novas empreitadas, desta vez na estrada municipal entre Esteiro e Janeiro de Baixo e no leito do rio Unhais.

A intervenção na estrada municipal destina-se “à regularização do pavimento, à aplicação de uma camada de desgaste em toda a extensão, à limpeza e regularização de bermas, e contempla, ainda, a inclusão de sinalização vertical e horizontal.

A empreitada foi adjudicada por um valor fixado nos 224 015 euros e tem um prazo de execução estimado de três meses.

“Durante parte da intervenção, há a necessidade de proceder ao corte temporário da circulação no troço, de segunda a sexta-feira, e por um período estimado de cerca de 20 dias”, revela o Município.

Por outro lado, começaram na passada segunda-feira (01), os trabalhos de reabilitação do leito do rio Unhais, na vila de Pampilhosa da Serra, cujo objectivo passa pela limpeza dos inertes acumulados no leito do rio e na sua repavimentação, de forma a reparar e regularizar os danos existentes.

A época balnear no concelho começa a 01 de Julho, sendo que em 2020 todas as praias fluviais certificadas do concelho, obtiveram a distinção “Bandeira Azul” e o “Galardão Qualidade de Ouro”, atribuído pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza.

Limpeza do Rio Unhais