Coimbra  24 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Ordem dos Médicos do Centro critica decisão da Administração do CHUC

2 de Junho 2020 Jornal Campeão: Ordem dos Médicos do Centro critica decisão da Administração do CHUC

Numa fase em que se retoma progressivamente a actividade das instituições de saúde, como consultas, cirurgias e outros procedimentos médicos essenciais, Carlos Cortes, presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) critica a decisão do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) “em dificultar o apoio dos seus profissionais de saúde a outras unidades que deles necessitam para a prestação de cuidados quando são realizados fora do seu horário de trabalho normal”.

Segundo o presidente da SRCOM: “impedir médicos de ir trabalhar noutras unidades, após o seu horário de trabalho, é moralmente reprovável, precisamente numa fase em que estas instituições de saúde precisam de retomar a actividade. Há vários hospitais que contam com o apoio dos profissionais de saúde do CHUC para a sua normal actividade. Já não é a primeira vez que o Conselho de Administração o tenta fazer, já o fez no início desta crise pandémica e foi, inclusivamente, desautorizado pela própria ministra da Saúde”.

“Se todos os hospitais tivessem esta conduta seria o colapso do SNS, uma vez que esta é precisamente uma das fases mais sensíveis que a Saúde Pública está a atravessar”, acrescentou Carlos Cortes, concluindo que “o Conselho de Administração do CHUC ao invés de auxiliar a retoma e de permitir o apoio a outras instituições de saúde, está a ter uma atitude pouco solidária. Esta atitude em dificultar a acumulação de funções públicas ou privadas é severamente imprudente e contrária ao espírito de colaboração do Serviço Nacional de Saúde, dentro e fora dele”.