Coimbra  6 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oliveira do Hospital vai divulgar o concelho através de tradições de antepassados

11 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Oliveira do Hospital vai divulgar o concelho através de tradições de antepassados

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital viu aprovada a candidatura “Tradição da Serra ao Mar”, cujo objectivo é a promoção e divulgação do território com base em tradições ligadas às populações antepassadas.

A candidatura, liderada por Oliveira do Hospital que tem como parceiros os municípios de Cantanhede e Mortágua, foi contemplada, pela Comissão Directiva do Programa Operacional Regional do Centro, com um financiamento de 297 571,50 euros.

Com o projecto “Tradição da Serra ao Mar” os municípios envolvidos pretendem contribuir “para a preservação e valorização do seu património material e imaterial”, através da divulgação de tradições ancestrais das suas populações.

“Pretende-se promover uma programação cultural, dinâmica e inovadora, aliando a tradição e a modernidade, incentivando a cultura em rede e a participação dos agentes, grupos e associações locais”, disse Graça Silva, vereadora da Cultura de Oliveira do Hospital.

A programação do projecto aponta para a projecção da imagem dos três municípios envolvidos, através da realização de eventos ligados ao património, à cultura e a bens culturais.

Deste modo, serão realizados, durante um ano, “actividades focadas num conjunto diversificado de manifestações artísticas, tal como a dança, a música, o teatro, a literatura, a gastronomia, a etnografia e a performance”.

Foi, igualmente, aprovada a candidatura “Viver os Rios”, da qual Oliveira do Hospital é parceiro, juntamente com os municípios de Penacova e Góis (líder do projecto). Esta iniciativa visa a promoção do território, “a partir dos Rios Alva, Ceira e Mondego e do seu património, divulgando as praias fluviais, transmitindo boas práticas ambientais e o respeito pela sua preservação (fauna e flora)”.

O Executivo referiu que é, ainda, parceiro na candidatura “à Beira do Fado”, com os municípios de Pampilhosa da Serra e Arganil (líder do projecto).

Segundo Graça Silva, “a concretização destas acções em rede irão contribuir para dar maior visibilidade ao território de Oliveira do Hospital e, consequentemente, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC), captando fluxos turísticos”.

Para além disto, a responsável admitiu que os projectos irão contribuir “para mitigar as dificuldades sentidas” actualmente, em resultado da crise pandémica.

A autarquia oliveirense informou que a CIM-RC viu, também, aprovada a sua candidatura “Coimbra Região de Cultura 2.0 Mulheres e Lugares”, com um investimento de 300 000 euros, cujas acções vão contemplar o Município como integrante da CIM.