Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oliveira do Hospital homenageia vítimas mortais com memorial

31 de Outubro 2017 Jornal Campeão: Oliveira do Hospital homenageia vítimas mortais com memorial

A Câmara de Oliveira do Hospital vai construir um memorial, designado de “15 de Outubro”, para homenagear e recordar as vítimas mortais dos incêndios naquele Município.

A autarquia diz que o memorial estará concluído no dia 15 de Outubro de 2018, um ano depois de os incêndios terem provocado 12 mortos naquele concelho.

A Câmara, liderada por José Carlos Alexandrino, sublinha que, já hoje, prestará uma homenagem às vítimas, com a colocação de 12 velas junto à imagem de Nossa Senhora de Fátima, na igreja matriz de Oliveira do Hospital, às 19h00.

Amanhã, 01 de Novembro, às 10h00, os sinos tocarão 12 badaladas em memória das vítimas, nas igrejas das localidades e freguesias onde se registaram vítimas mortais (Avô, Nogueira do Cravo, S. Gião, UF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, Lourosa, UF de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, UF de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços).

“O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, procederá também, durante o Dia de Finados, à colocação de uma vela e de uma coroa de flores nas sepulturas das vítimas mortais”, refere a autarquia.

As centenas de incêndios que deflagraram a 15 de Outubro, o pior dia de fogos do ano, segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.

Os sinistros obrigaram a evacuar localidades, a realojar populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro.

Esta foi a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em Junho, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia.