Coimbra  18 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oliveira do Hospital: Escola Secundária fica sem amianto

1 de Setembro 2017

A Escola Secundária de Oliveira do Hospital (ESOH) vai ser alvo de obras de remodelação no valor de um milhão de euros, que incluem a substituição das placas que contêm amianto, segundo anunciou a Câmara Municipal.

O contrato de adjudicação com a empresa construtora que vai realizar as obras de reabilitação daquele estabelecimento de ensino já foi assinado entre a autarquia e a CIP- Construção, SA, empresa vencedora do concurso público, aguardando-se a obtenção do visto do Tribunal de Contas.

Numa primeira fase, os trabalhos incidirão principalmente nos cinco pavilhões daquela escola, através da substituição das chapas que contêm amianto por outro tipo de materiais.

Nesta empreitada, o projecto prevê, também, a reabilitação das fachadas dos edifícios e de todas as instalações sanitárias, assim como o isolamento térmico de pavilhões e a colocação de painéis solares para aquecimento de águas.

Para melhorar a eficiência energética da ESOH, também vão ser substituídos todos os vãos e persianas por novas soluções que permitam o corte térmico.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, congratula-se com a modernização deste equipamento escolar e sublinha que a adjudicação desta obra irá pôr termo ao problema do amianto em ambiente escolar.

“Sempre estivemos ao lado da preocupação manifestada pela associação de estudantes e pelos pais e encarregados de educação, relativamente aos problemas relacionados com o amianto. Fizemos todas as diligências que era possível fazer e, hoje, estamos muito orgulhosos por termos vencido esta luta. Dentro de pouco tempo, a Escola Secundária de Oliveira do Hospital estará irreconhecível e livre de qualquer placa que contenha amianto” – sublinha o autarca.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com