Coimbra  12 de Junho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oliveira do Hospital: BLC3 é uma história de sucesso europeia

5 de Abril 2024 Jornal Campeão: Oliveira do Hospital: BLC3 é uma história de sucesso europeia

A BLC3 foi destacada entre os 12 mais importantes exemplos de projectos de investimento na Europa atribuídos pela Comissão Europeia – Política de Coesão da UE. A BLC3 é um campus de tecnologia e inovação sedeado em Oliveira do Hospital, focado na área da Bioeconomia e Economia Circular.

A iniciativa “Cohesion Story Quest” teve um percurso de 10 dias, organizado pela United Partners em parceria com a Comissão Europeia, em quatro países da UE, iniciando-se na Bulgária, percorrendo a Polónia, os Países Baixos e Portugal, dando a conhecer os mais importantes projectos europeus que estão a transformar a Europa em conjunto com 14 influencers, que partilharam estas histórias com mais de 660.000 seguidores.

Numa perspectiva criativa de dar a conhecer ao mundo o que de melhor se faz a nível Europeu, a BLC3, com o seu projecto Centre Bio, foi destacada entre os 12 melhores projectos Europeus capaz de transformar gerações, numa perspectiva de crescimento regional assente no conhecimento e inovação, em prol de uma económica mais circular e sustentável, proporcionando a criação de emprego altamente qualificado, jovem e multidisciplinar, promovendo a modernização económica na transformação de mudanças que pretendem melhorar a qualidade de vida e potenciar a actividade económica das regiões.

Este é um dos 12 projectos europeus mais transformadores e também exemplo a nível mundial. Em Outubro de 2016, a BLC3 subia ao palco em Bruxelas para receber o Prémio RegioStars, como o projecto europeu mais inovador na área da Economia Circular. Para João Nunes, este “é o reconhecimento do trabalho e aposta das Equipas da BLC3 e CCDR-Centro, de um projecto que começou antes de 2016 numa área que ainda ninguém falava em Portugal – a Economia Circular – e, hoje, representa ainda um projecto mais inovador, forte e de referência internacional, que tem crescido assente no conhecimento, ciência e inovação”.

João Nunes sustenta, ainda, a vinda da Comissão Europeia representa “o recordar é viver e continuar a trabalhar para o futuro”, de um momento único vivido em Bruxelas em 2016”, lembrando a “azáfama que foi explicar nos corredores de Bruxelas, com a Professora Ana Abrunhosa, o que era este projecto, a sua alma e a transformação territorial, onde, de facto, temos os de fora, e uma vez mais a reconhecer o nosso trabalho”.

Por último, João Nunes enaltece este trabalho e iniciativa que a Comissão Europeia apoiou e promoveu, onde é importante valorizar, reconhecer e comunicar junto dos mais jovens e em toda a União Europeia exemplos de projectos europeus que motivem outros a seguir os mesmos caminhos.