Coimbra  17 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oliveira do Hospital assinala Dia da Mãe com monumento evocativo no centro da cidade

30 de Abril 2021 Jornal Campeão: Oliveira do Hospital assinala Dia da Mãe com monumento evocativo no centro da cidade

O Município de Oliveira do Hospital vai assinalar o Dia da Mãe, no domingo (02), com a inauguração de um monumento da autoria de António Saraiva, no qual vai participar a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

“Esta é uma homenagem a todas as mães, incluindo as mulheres que nunca tiveram filhos”, disse, hoje (30), à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino.

O autarca independente, que está a completar três mandatos consecutivos pelo PS, realçou que a iniciativa evoca “todas as mães, de Portugal e do mundo, independentemente da sua religião”.

Concebido por António Saraiva, arquitecto oriundo da Guarda, o monumento de homenagem às mães fica situado na rotunda da avenida Carlos Campos, junto à capela seiscentista de Sant’Ana, no centro da cidade, sendo o programa presidido por Ana Abrunhosa.

Construído no século XVII, o templo barroco está decorado com azulejos desse século e do seguinte, além de acolher uma imagem de Sant’Ana, cuja produção remonta ao século XVI.

Venerados pelos católicos, Sant’Ana e São Joaquim são figuras bíblicas reconhecidas pela Igreja de Roma como país da Virgem Maria e avós de Jesus Cristo.

“Esta inauguração assume um significado de homenagem às mulheres que têm filhos e às que os criam. Na nossa vida, às vezes temos várias mães, que tanto podem ser uma tia, uma avó ou outra pessoa”, afirmou José Carlos Alexandrino.

No Dia da Mãe, a autarquia pretende valorizar “esse amor das mulheres aos filhos”, numa perspectiva que abrange “também as mães que adoptam crianças, que as criam e acarinham”, sublinhou.

O presidente revelou que o Município investiu 50 000 euros na produção e instalação do monumento, uma escultura de aço e latão com 2,40 metros de altura.

Trata-se de uma peça única “que representa uma mãe com a criança ao colo” e que acentua essa “fusão num prolongamento natural” entre os dois.

Na ocasião, serão igualmente homenageadas as três últimas mães que deram à luz em Oliveira do Hospital.

Na qualidade de “mães e símbolos do poder local”, estarão ainda presentes as três presidentes de juntas de freguesia do concelho – Olga Bandeira (Lagares da Beira), Margarida Claro (Seixo da Beira) e Ana Teresa Brito (Travanca de Lagos).