Coimbra  30 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Oito milhões de euros para digitalizar 30 mil livros da Biblioteca Joanina de Coimbra

21 de Fevereiro 2024 Jornal Campeão: Oito milhões de euros para digitalizar 30 mil livros da Biblioteca Joanina de Coimbra

Trinta mil livros centenários da Biblioteca Joanina vão ser digitalizados nos próximos seis anos através de um investimento de oito milhões de euros, anunciou a Universidade de Coimbra (UC).

“Este projecto de digitalização vai muito além da simples mudança de suporte material dos livros ou da transposição do papel para o digital. Traduz-se num esforço programático de valorização do acervo único desta Biblioteca, intervindo, sempre que necessário, na recuperação física de exemplares que careçam de conservação e restauro”, destaca o Reitor da UC, Amílcar Falcão.

A Universidade de Coimbra firmou esta quarta-feira uma parceria com a Autoridade Literária de Sharjah (Sharjah Book Authority – SBA), que vai financiar o projecto de digitalização de 30 mil obras centenárias, guardadas no piso nobre da Biblioteca Joanina.

Conta com o financiamento de perto de oito milhões de euros, numa acção com o alto patrocínio do chefe de Estado de Sharjah, o Xeque Sultan bin Muhammad Al-Qasimi, distinguido em 2018 como Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra.

Durante a cerimónia de assinatura do memorando de entendimento, o Reitor da UC realçou a importância deste inédito apoio ao abrigo do mecenato, que se traduz numa oportunidade única para a projecção de uma das mais belas bibliotecas do mundo no universo digital.

No seu entender, desenvolver este projecto com a Sharjah Book Authority, a entidade responsável por promover uma Feira Internacional do Livro de reconhecida dimensão mundial, é bem expressivo do “valor acrescentado que a colaboração internacional pode trazer e dos ganhos de escala que dela decorrem”.

“Este projecto será também uma pedra essencial para novas colaborações estratégicas, como o esperado desenvolvimento futuro dos Estudos Árabes em Coimbra ou um centro interpretativo do legado árabe na matriz civilizacional que formou Coimbra”, acrescentou.

A cerimónia contou também com a presença do presidente da SBA, Ahmed Bin Rakkad Al Ameri, que evidenciou a importância do passo dado “na valorização das fontes de conhecimento e na facilitação do acesso às mesmas”, bem como no reforço de relações com Portugal.

“Demos um passo excepcional, que permitirá aos leitores, investigadores e académicos de todo o mundo apreciar os tesouros do conhecimento, manuscritos valiosos e obras importantes”, referiu.

A digitalização do acervo histórico da Biblioteca Joanina arranca a partir de Março e avançará progressivamente, ao longo de seis anos, com a digitalização de cerca de 30 mil livros do piso principal da Biblioteca Joanina, que integram o catálogo de dois milhões de obras da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.

A construção da Biblioteca Joanina Digital começa, nos primeiros 12 meses, com a digitalização da colecção de publicações sobre o Médio Oriente, que será designada como “Biblioteca Sultan bin Muhammad Al-Qasimi”.

 

Todas estes livros – um acervo de valor incalculável, incluindo obras europeias de renome como o De humani corporis fabrica, de Vesalius, ou a Astronomia nova, de Kepler, e muitas delas inéditas em formato digital (como o Atlante Veneto, atlas gravado por Coronelli, ou a primeira tradução portuguesa da Teoria das Marés, de Isaac Newton) – vão ficar disponíveis num repositório digital, em acesso aberto livre e gratuito.

Para além de ficarem acessíveis ‘online’, na plataforma desenvolvida pela UC, as coleções da Biblioteca Joanina Digital serão também disponibilizadas no portal do património cultural digital Europeana, que agrega livros, filmes e música provenientes de milhares de instituições culturais europeias.

Todo o processo de digitalização, catalogação, arquivo e desenvolvimento das soluções tecnológicas estará a cargo da UC Framework.